Ação Integrada

Publicado em 05/04/16 às 17:28 | Atualizado em 24/05/16 às 22:57

Operação de retirada de carcaças abandonadas chega na Lagoa de Santa Tereza

O mutirão retirou 18 carcaças abandonadas, no entorno da Lagoa de Santa Tereza. O objetivo principal da operação é combater o mosquito Aedes aegypti

Por Ana Cláudia Ribeiro

Foram retiradas 18 carcaças abandonadas, no entrono da Lagoa de Santa Tereza. Foto: Antônio Calado/Pref.Olinda

Foram retiradas 18 carcaças abandonadas, no entrono da Lagoa de Santa Tereza. Foto: Antônio Calado/Pref.Olinda

A Prefeitura de Olinda realizou nesta terça-feira (5), mais uma operação de retirada de carcaças abandonadas na cidade. Desta vez, o mutirão que envolve as Secretarias de Saúde, Serviços Públicos, Meio Ambiente Urbano e Natural, Transportes e Trânsito, assim como Segurança Urbana, ocorreu na Lagoa de Santa Tereza, no Varadouro. O objetivo principal da operação é o de combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Zika Vírus e Chikungunya.

Foram recolhidos 18 veículos abandonados no entorno da lagoa. As carcaças foram levadas para o depósito do Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER-PE), localizado na II Perimetral. No momento, a Prefeitura está em negociação com empresa que irá comprar o material resultante da compactação das carcaças e reverter a renda gerada para uma instituição de saúde do município.

Durante a operação, foram aplicados na região larvicidas e UBV- Leve, para eliminar focos do Aedes aegypti. Além disso, uma equipe da Secretaria de Serviços Públicos realizou uma grande limpeza no local. Esta é a terceira operação que acontece no município, que já passou pelos bairros de Jardim Fragoso e Rio Doce. Ao todo, já foram retiradas das ruas de Olinda 34 carcaças.

Tags desta notícia: , , , , , , , , ,