Ação Integrada

Publicado em 01/09/17 às 16:22 | Atualizado em 01/09/17 às 16:30

Plano de Segurança Municipal é lançado em Olinda

A ideia é fortalecer os órgãos de defesa do Estado no combate à violência na cidade

Por alexandrecavalcanti

Este slideshow necessita de JavaScript.

Traçar um modelo de segurança coletiva para atender a expectativa da população. Esse é o propósito da Secretaria de Segurança Urbana de Olinda, que lançou nesta quinta-feira (31.08), na sede do governo municipal, o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM). O objetivo é de executar e monitorar o Plano de Segurança Municipal, a partir da prevenção, repressão qualificada e formulação de políticas públicas de segurança.

O plano de ação envolve diversas secretarias do município em cooperação estratégica para atuação conjunta com Ministério Público, Governo do Estado, Polícia Federal e Poder Judiciário, em cumprimento ao Decreto 111/2013, do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania, o PRONASCI.

No lançamento do GGIM, o secretário de Segurança Urbana de Olinda, Cel. Pereira Neto, esclareceu pontos da operação no desafio de combate à violência. “O GGIM é um processo de articulação constante da Secretaria de Defesa Social, através dos órgãos operativos, junto às secretarias municipais, de forma que possamos dar respostas rápidas ao clamor da população por mais segurança”.

A reunião contou com representantes do Programa Pacto Pela Vida, do Governo do Estado; membros das polícias Civil e Militar, do prefeito Professor Lupércio, além de secretários municipais. “Apesar de termos 184 municípios, menos de dez tiveram a iniciativa de efetuar esse tipo de trabalho de segurança integrada com Estado. A gestão do prefeito Lupércio está de parabéns e a população daqui só tem a ganhar”, revelou o gestor da Secretaria de Planejamento e Gestão de Pernambuco, Vandré Cechinel.

O prefeito Professor Lupércio ressaltou a preocupação da gestão no combate às drogas e disse que não vai medir esforços para que a segurança na cidade seja restabelecida. “Além de a gente não ficar apenas à espera do trabalho do Estado no combate a criminalidade, estamos nos aliando a ele numa ação que vem ratificar nosso compromisso e nosso dever com a segurança dos olindenses”, acrescentou Lupércio.

“Nasci em Olinda, moro até hoje em Olinda e é a primeira vez que vejo a execução de uma política de segurança neste município”, revelou a delegada de Homicídios, Fabiana Ferreira.