Carnaval de Olinda

Publicado em 31/01/17 às 19:10 | Atualizado em 01/02/17 às 8:22

Desfile do O Homem da Meia-Noite com muitas novidades para este ano

Foi identificada a necessidade de enxugar a distância em que o boneco percorre de cinco para três quilômetros

Por

As novidades foram apresentadas em Coletiva à Imprensa na sede da agremiação. Foto: Daniel Ferreira|Secom Olinda.

O desfile do calunga mais famoso do Carnaval de Pernambuco, o Homem da Meia-Noite, terá muitas novidades para este ano. Ações como a redução do percurso em que o boneco irá fazer pelas ruas e ladeiras do Sítio Histórico da cidade monumento, além da colocação de tapumes nas fachadas de residências e casarios em que apresentam algum tipo de deterioração, são exemplos de medidas pontuais voltadas no sentido de dar uma maior segurança ao folião. Mas, as alterações não ficam apenas no mote da segurança. Este ano, data em que a agremiação completa 85 anos de existência, a tradicionalíssima vestimenta do calunga não terá totalmente os traços do frevo, e sim abrirá espaço para as cores do ritmo da Nação Xambá, uma das mais tradicionais matrizes de religião africana no país, cuja a sua casa, mais conhecida como “terreiro de Xambá”, está situada no bairro de Peixinhos, em Olinda. Estas e outras novidades foram apresentadas durante coletiva à Imprensa, na manhã desta terça-feira (31), na sede do bloco, na Estrada do Bonsucesso, no bairro do Monte, com a diretoria da agremiação juntamente com representantes da segurança pública, além dos secretários da gestão municipal, Gilberto Sobral (executivo de Cultura), coronel Pereira Neto (titular da pasta de segurança urbana) e o comandante da Guarda Municipal do município, Odin Neves.

 

SEGURANÇA

Desde a década de 70, alterações no percurso do calunga pelas ruas e ladeiras do Sítio Histórico foram realizadas e, este ano não será diferente. Segundo a diretoria do bloco, em reuniões frequentes com o Corpo de Bombeiros (CB) e a Secretaria de Transportes e Trânsito de Olinda, foi identificada a necessidade de enxugar a distância em que o boneco percorre de cinco para três quilômetros. De acordo com o chefe de Fiscalização e Projetos do CB, major Erick Aprígio, a medida foi necessária para oferecer uma melhor segurança ao folião, ruas estreitas pela Cidade Alta fazem parte do trajeto do bloco. Além disso, a medida da média de duração do desfile também foi reduzida, passado de quatro horas para duas horas e meia.

“Estas ações surgiram após estudos que realizamos durante um mês. As medidas são necessárias para oferecer uma melhor segurança ao folião e também dá uma melhor condição de atuação para os profissionais da segurança que irão trabalhar”, disse o major. De acordo com ele, a redução no tempo do desfile não acabará com o tradicional rito da entrega da chave da cidade feita pelo O Homem da Meia-Noite ao Cariri. “Mesmo com a alteração, não será quebrado o rito. O calunga irá entregar a chave ao Cariri“, enfatizou Aprígio, acrescentando que a média de público para este ano será de 180 mil pessoas. O percurso do calunga ficou desta maneira: Estrada do Bonsucesso, Praça do Seplama, volta pelo Bonsucesso, Largo do Amparo, Rua do Amparo, Quatro Cantos, Ribeira, Rua de São Bento, Rua 13 de Maio, Quatro Cantos, Rua do Amparo, Guadalupe, Sede do Cariri e, após a entrega das chaves, retorna para a Estrada do Bonsucesso pelo Largo do Amparo.

 

Além dessas alterações, outra medida de segurança também foi adotada pela agremiação em conjunto com a Prefeitura de Olinda. Segundo o secretário-executivo de Cultura do município, Gilberto Sobral, foi identificado que alguns imóveis na Cidade Alta apresentam em suas fachadas algum tipo de deterioração, apresentando risco ao folião. Como isso, segundo o gestor, serão instalados tapumes nestes imóveis para proteger a população. “Fizemos uma vistoria minuciosa do percurso e identificamos a necessidade de executar esta ação. Além disso, a iluminação pública também foi revista. É necessária a instalação de lâmpadas LED e já estamos executando. A recomendação do prefeito Professor Lupércio é de total apoio a agremiação. E nós vamos fazer isto” disse o secretário. Já em relação ao policiamento que será empregado no desfile, o capitão Fábio Rufino, da Companhia Independente de Apoio ao Turista da Polícia Militar (CIATur), declarou que no dia do desfile serão 300 lançamentos de PMs para realizar a segurança dos foliões.

 

ROUPA NOVA

 Uma das principais novidades para o desfile do calunga este ano será o tema “Negro Rei, uma reverência às origens do nosso Carnaval”, em exaltação a Nação Xambá, uma das principais religiões de matriz africana no país. Com isso, a vestimenta do boneco foi confeccionada no terreiro de Xambá, no bairro de Peixinhos. Na noite desta terça-feira (31), às 19h, o calunga sairá de sua sede, na Estrada do Bonsucesso, para pegar a vestimenta no terreiro de Xambá, O Homem da Meia-Noite irá se encontrar com a calunga de Mãe Biu, a maior representação da comunidade.

 

 

 

Tags desta notícia: , ,