Carnaval de Olinda

Publicado em 11/02/16 às 12:27 | Atualizado em 09/04/16 às 19:51

Olinda comemora Carnaval alegre e de paz

A cidade Patrimônio Cultural da Humanidade recebeu 2,8 milhões de foliões e cerca de 190 milhões foram injetados na economia do município

Por Secretaria de Comunicação de Olinda

Multidão brincou os quatro dias com muita alegria. Foto: Vinicius Rodrigues/Pref.Olinda

Multidão brincou os quatro dias com muita alegria. Foto: Vinicius Rodrigues/Pref.Olinda

E na Quarta de Cinzas Olinda comemora a bela contribuição que deu para a maior festa do calendário cultural de Pernambuco. A Prefeitura de Olinda parabeniza todos os foliões que trouxeram para os quatro cantos da cidade, o brilho, a alegria e a irreverência que tomaram conta das ladeiras durante os festejos de Momo.

“Mais uma vez conseguimos realizar um Carnaval tranquilo, sem ocorrências graves, e muito alegre. O personagem principal foi o folião que mostrou toda a riqueza da cultura pernambucana. O papel da prefeitura é dar a estrutura necessária para que as pessoas venham brincar em paz e segurança e encontre aqui o verdadeiro carnaval de rua”,  exaltou o prefeito Renildo Calheiros.

A cidade Patrimônio Cultural da Humanidade recebeu 2,8 milhões de foliões e cerca de 190 milhões foram injetados na economia do município. De acordo com levantamento da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico, a ocupação hoteleira foi de 98% nos hotéis e pousadas durante o período carnavalesco.

Segundo dados da Polícia Militar, nenhum óbito foi registrado. A Guarda Municipal ressaltou que não identificou danos ao patrimônio público. Da parte cultural, foram mais de 500 atrações distribuídas entre os nove polos de animação espalhados pelos quatro cantos da cidade e programação de rua.

Carnaval em números:

  • Nenhum óbito foi registrado pelas unidades de pronto atendimento da cidade.
  • Nenhum dano foi registrado contra o patrimônio histórico de Olinda.
  • 2,8 milhões de foliões.
  • 190 milhões injetados na economia da cidade.
  • Mais de 500 agremiações nas ruas e no polos de animação.
  • 1.386 pessoas perderam documentos e podem recuperar na sede da Guarda Municipal.
  • 2.075 atendimentos de saúde.
  • Mais de 20 mil preservativos distribuídos.
  • 670 toneladas de lixo recolhidas e a coleta seletiva recolheu 50 toneladas de material reciclável.
  • 480 mil litros de água utilizados para a limpeza da cidade.
  • 217 km de gambiarra e 79 refletores foram utilizados na iluminação.
  • 376 pessoas foram atendidas no camarote da acessibilidade na praça do Carmo.
  • 09 acidentes de trânsito sem vítima fatal.
  • Foram lavradas 200 multas de trânsito, em sua maioria por estacionamento irregular.
  • 3.746 carros utilizaram o estacionamento legal.
  • 13.111 mil pessoas utilizaram o ônibus do Estacionamento Legal.
  • Troca de mais de 10 mil garrafas de vidro por vasilhames de plástico.
  • 10 mil crianças foram identificadas no Pólo Infantil da Praça do Carmo durante os 4 dias.

POLÍTICAS SOCIAIS

O Espaço Folia Cidadã, uma iniciativa implantada em 2009 pela Prefeitura de Olinda, foi criada para abrigar os filhos dos comerciantes informais que trabalham nos dias de carnaval no Sítio de Seu Reis. Em 2016 o local recebeu 340 crianças durante os quatro dias de folia, que se divertiram com atividades recreativas como oficinas da dança, pintura e desenho. O espaço contou com o suporte de educadores sociais, além de assistente social, psicóloga, oficineiros, recreadores, cuidadores, motoristas, auxiliares. A secretaria montou o camarote de acessibilidade na Praça do Carmo que recebeu 376 pessoas. O Conselho Tutelar atendeu 79 crianças. Já os foliões que passaram pelo Corredor da Diversidade na rua 13 de Maio receberam 40 mil materiais alusivos ao combate à homofobia e ao enfrentamento à violência contra a mulher.

SERVIÇOS DE SAÚDE

No Carnaval de Olinda de 2016 não foi registrado nenhum óbito. A Secretaria de Saúde do município registrou 2.075 atendimentos nos Serviços de Pronto-Atendimento Adulto e Infantil (SPA) Peixinhos, Policlínica Barros Barreto, Unidade de Pronto Atendimento do Tricentenário, SAMU e UPA-Cidade Tabajara. Foram realizados atendimentos clínicos, suturas, curativos e remoções.

Durante o carnaval foram realizadas 1.305 inspeções da Vigilância Sanitária. Nas barreiras sanitárias foi distribuído hipoclorito e mais de 20 mil preservativos.

 

CONTROLE URBANO

O Controle Urbano trabalhou na organização do comércio informal, possibilitando a liberação das vias para os desfiles das agremiações durante a folia de Momo. Além das ações de acesso e bloqueio, também foi realizada a troca de mais de 10 mil garrafas de vidro por vasilhames de plástico em diversos pontos da cidade.

GUARDA MUNICIPAL

A Guarda Municipal de Olinda realizou ações de segurança nos focos de folia, entre elas, prevenção de danos ao patrimônio, auxílio ao cidadão, averiguação de denúncias diversas e apoio a ações de secretarias da Prefeitura de Olinda (Controle Urbano, Trânsito, Conselho Tutelar, Limpeza e Manutenção Urbana, Defesa Civil e Vigilância Sanitária).

Outro serviço oferecido pela Guarda Municipal foi o monitoramento da praça Monsenhor Fabrício, através de uma base móvel (ônibus), onde foram coletados dados de furtos, atos de desordem em geral. Neste serviço houve a interação entre a Guarda Municipal e a Polícia Militar, o que permitia uma ação rápida e eficiente.

ACHADOS E PERDIDOS

Até o momento, foram registrados documentos perdidos de 1.386 pessoas, tendo sido devolvidos aos donos 65 documentos. Quem perdeu documentos durante a folia pode consultar o site: http://carnaval.olinda.pe.gov.br/documentos-perdidos. Os documentos estarão disponíveis na sede da Guarda Municipal de Olinda, localizada na na Rua Duarte Coelho, 278, Santa Tereza, das 8h às 17h.

A Secretaria de Segurança Urbana através da Guarda Municipal atuou de forma integrada com a Secretaria Estadual de Defesa Social (Polícia Militar – CIATUR, 1º BPMPE – Polícia Civil – Bombeiros).

LIMPEZA URBANA

A Prefeitura de Olinda preparou um esquema especial de limpeza para a folia de Momo. Como nos anos anteriores, a Secretaria de Serviços Públicos realizou serviços de varrição, lavagem, remoção e coleta por todo o Sítio Histórico e Polos de Animação.

Foram recolhidas aproximadamente 670 toneladas de lixo durante o carnaval e a coleta seletiva recolheu 50 toneladas de material reciclável. A secretaria utilizou 120 mil litros de água para a limpeza da cidade.

Em relação ao reforço na iluminação, foram instalados 217 quilômetros de gambiarra, incluindo Sito Histórico e pólos de animação. A Secretaria de Serviços Públicos instalou 79 refletores na cidade.

Um total de 270 cabines sanitárias foram instaladas no Sítio Histórico e 02 cabines para portadores de necessidades especiais. Em média, a ação de serviços públicos envolveu 959 pessoas.

FISCALIZAÇÃO SOM ELETRÔNICO

As secretarias de Controle Urbano, Assuntos Jurídicos e Guarda Municipal montaram um esquema especial para atender denúncias de utilização de aparelho sonoro acima do limite permitido pela legislação municipal (5.306/2001). A equipe composta por procuradores, assessores jurídicos, guardas e técnicos com apoio da Polícia Militar, ficaram de plantão na secretaria para atender todas as denúncias durante os quatro dias de folia momesca. Foram registradas 13 denúncias.

TRANSITO E TRANSPORTE

3.746 carros utilizaram o Estacionamento Legal, localizado no Memorial Arcoverde, e 13.111 mil pessoas utilizaram o ônibus que partia do local.

Foram registrados 09 acidentes, nenhum com vítima fatal. 150 denúncias por telefone foram feitas, entre elas 50 sobre taxistas recusando passageiros. Foram lavradas 200 multas, em sua maioria por estacionamento irregular. A Secretaria de Trânsito e Transporte contou com 89 agentes de trânsito e mais 30 auxiliares nas ruas, orientando motoristas.

A retirada dos bloqueios começou a partir das 7h desta Quarta-Feira de Cinzas, nas avenidas principais da cidade. Desde as 12h de hoje as demais vias estão todas liberadas.

Tags desta notícia: , , , , , , , , ,