Controle Urbano

Publicado em 05/04/17 às 17:08 | Atualizado em 05/04/17 às 17:09

Ações de Controle Urbano são desenvolvidas em Olinda

O objetivo é dar maior fluidez ao trânsito e passagens aos pedestres

Por alexandrecavalcanti

Equipe da Secretaria de Meio Ambiente Urbano e Natural de Olinda realizou nesta quarta-feira (05.04) ações de ordenamento urbano nos bairros Tabajara, Jardim Atlântico e Rio Doce. A operação visa cobrar aos proprietários dos estabelecimentos comerciais os alvarás de funcionamento, liberar as principais vias de passagens de veículos, além de priorizar o espaço de circulação dos pedestres.

Os fiscais de Controle Urbano vistoriaram construções irregulares e retiraram pneus e faixas de propaganda num trecho da PE-15, que vai dos viadutos do Complexo de Salgadinho ao do bairro de Ouro Preto. Em seguida, foi feita retirada de uma pessoa que invadiu e cercou indevidamente uma área pública no bairro de Tabajara. Ele foi orientado a deixar o local e derrubar a construção de alvenaria no prazo de três dias.

De lá, os fiscais vistoriaram a Avenida Pedro Álvares Cabral, em Jardim Atlântico, para conferir se não houve reocupação do espaço onde foram removidos carros e carcaças de ferros-velhos, que antes atrapalhavam a circulação de pessoas pelas calçadas.

O trabalho foi conduzido de perto pelos secretários de Meio Ambiente Urbano e Natural, André Botelho, e o executivo de Controle Urbano, Coronel Romero Ribeiro, que acompanharam ainda o embargo de uma obra de um lava-jato em frente ao quartel do 1º Batalhão de Polícia Militar – Duarte Coelho, no bairro de Rio Doce. A construção, que estava em estágio avançado, não havia licença, nem projeto de engenharia.

“Todos os dias estamos nas ruas realizando ações dessa natureza para que se faça valer a Lei de Ocupação do Solo e assim dar maior fluidez ao trânsito e a passagens dos pedestres, além de melhorar o visual das ruas da cidade de Olinda”, ressaltou Ribeiro.