Defesa Civil

Publicado em 29/05/17 às 13:16 | Atualizado em 29/05/17 às 17:37

Defesa Civil de Olinda monitora bairros e coloca lonas em áreas de risco

O órgão também está arrecadando doações para desabrigados

Por Juliana Nascimento

Com informações de Leonam Pereira/ Defesa Civil de Olinda

 

Por conta das chuvas das últimas 12 horas, a Defesa Civil de Olinda está trabalhando em regime de plantão com três equipes, sendo duas de monitoramento e uma para colocação de lonas. Os agentes atuaram, inclusive, durante a madrugada. O bairro de Ouro Preto foi o que registrou a maior precipitação pluviométrica atingindo 42.4 mm. As áreas mais afetadas pelas águas neste fim de semana foram Alto da Macaíba, Águas Compridas,  Alto do Sol Nascente, Alto da Conquista, Caixa D’Água e Sapucaia. A Defesa Civil de Olinda também foi acionada pela população para colocação de lonas no Córrego Nova Olinda, Primeira e Terceira Travessas da Rua Seis de Janeiro, em Águas Compridas. Ao todo foram 300 metros.

Já em relação às áreas de ponto de risco mais monitoradas foram: Jardim fragoso, Tabajara, Monte, Guadalupe, Alto da Mina, Ouro Preto, Sítio Novo, Salgadinho, Alto da Macaíba e Alto da Bondade. A Defesa Civil também foi acionada no início da manhã desta segunda-feira (29.05) para um chamado de queda de árvore de médio porte, na Ilha Santana, em Jardim Atlântico, mas não houve registro de feridos e danos materiais.

Em casos de dúvidas e orientações, a Defesa Civil de Olinda pode ser acionada pelo telefone: 0800 281 2112. A ligação é gratuita.

Este slideshow necessita de JavaScript.

DOAÇÕES

Devido aos transtornos causados pelas fortes chuvas que caem em Pernambuco desde a última sexta-feira (26.05), algumas pessoas ficaram desabrigadas em Pernambuco e a Defesa Civil de Olinda está arrecadando alimentos, roupas, lençóis, água mineral, produtos de limpeza e outros donativos para ajudar as famílias. Quem puder colaborar pode levar a doação para o prédio da Secretaria Executiva da Defesa Civil, que fica na Avenida Joaquim Nabuco, 475, no Varadouro, que está de portas abertas durante 24h. O material recolhido vai ser encaminhado aos municípios do interior do Estado.

Tags desta notícia: , , , , , , ,