Destaque

Publicado em 26/04/17 às 13:35 | Atualizado em 26/04/17 às 13:35

Estudantes de Olinda têm manhã de atividades contra violência e drogas

O tema foi debatido na Escola Sagrado Coração e contou com a participação de ex-jogador de futebol

Por Juliana Nascimento

 

Os alunos da Escola Municipal Sagrado Coração, que fica localizada na Rua Frei Afonso Maria, no bairro de Amaro Branco, em Olinda, ocuparam a manhã desta quarta-feira (26.04) com atividades educativas voltadas para ações de combate à violência contra mulher e drogas. Os estudantes tiveram a oportunidade de participar de oficinas de damas, assistir a uma palestra do ex-jogador do Sport Nildo, acompanhar aulas de percussão e ainda conferir um filme do cine clube.

O evento intitulado Dia Temático: Viva Sagrado!, reuniu estudantes do 6º ao 9º ano do Programa EJA (Educação de Jovens e Adultos) e membros do Consultório na Rua. O objetivo da discussão foi compreender onde o jovem está inserido e a situação de vulnerabilidade para saber como atuar no espaço considerado vazio em que a droga pode ser colocada como escape.

As mães que estiverem na escola destacaram a importância da presença constante das famílias na vida dos filhos para mudar a realidade e futuro deles. “Se nossos filhos estão aqui já deixam de estar nas ruas, eu não terminei meus estudos, mas me esforço para que eles terminem”, ressaltou Valquíria da Silva, mãe de um estudante.

“É importante acompanhar meus filhos. Se quero que a escola e a educação melhorem, eu também tenho que participar”, enfatizou Nayara Marta, mãe de três alunos.

Apesar de a unidade de ensino está inserida em uma localidade de vulnerabilidade social, a gestão atual está trabalhando para oferecer outras janelas e ares para transformar as crianças em cidadãos de reponsabilidade. O estudante, José Ari de 12 anos, pode até ainda não saber o que almeja para vida profissional, mas já entendeu que o caminho mais longo será recompensador no futuro. “Estou gostando do dia, principalmente da palestra do ex-jogador do Sport, que disse que é bom estudar e ter cuidado com as amizades”.

Determinada, Vânia Vitória de 11 anos, já sabe que quer trabalhar com moda e maquiagem. Mas mesmo assim, compreendeu que precisa aprender valores para a vida. “Eu estou achando bem legal as palestras, oficinas e aprendi que preciso respeitar e estudar”.

As atividades foram organizadas após duas reuniões entre representantes das secretarias de Educação, Juventude e Esportes; Segurança Urbana; Saúde e Desenvolvimento Social, além de professores da instituição. “A gente decidiu promover essas iniciativas lúdicas para debater com a comunidade escolar valores sociais”, explicou a diretora da escola, Karina Santana.

 

Foto: Arquimedes Santos/ Prefeitura de Olinda

print