Destaque

Publicado em 13/03/17 às 10:51 | Atualizado em 13/03/17 às 17:07

Olinda intensifica a limpeza de canais e a desobstrução de galerias em diversos pontos da cidade

Os 15 canais de maior porte receberão os serviços até o próximo mês. Corredores como a Presidente Kennedy e Carlos de Lima Cavalcante também passam por manutenção

Por Marcilio Albuquerque

Fotos: Arquimedes Santos/Prefeitura de Olinda

 

A Prefeitura de Olinda está intensificando trabalhos de manutenção para atenuar antigos problemas estruturais e combater os alagamentos com a chegada do período chuvoso. Os serviços incluem a desobstrução de canais, além da limpeza de galerias, canaletas e caixas coletoras nas principais vias da cidade. Na Avenida Presidente Kennedy, um dos principais corredores de circulação, as equipes tem contado com máquinas de sucção, retirando dejetos e o acúmulo de lixo. A operação se repete no Canal do Matadouro, no bairro de Jardim Fragoso, onde os moradores também anseiam um inverno mais seguro e tranquilo.

De acordo com a Secretaria de Serviços Públicos, os 15 canais de maior porte cadastrados em Olinda serão finalizados até o próximo mês. É assim nas ruas próximas ao Canal do Matadouro, no bairro de Jardim Fragoso, onde reside a aposentada Irene Conceição, de 79 anos. “Passamos muito tempo abandonados. O canal transbordava e a água invadia a casa, destruindo tudo que encontrava pela frente. A esperança é de que agora as coisas melhorem”, revelou.

Segundo o secretário executivo de Manutenção Urbana, Givaldo Calado, a prefeitura conta com o apoio da população para que não jogue lixo nos canais, pois isso obstrui o fluxo normal das águas. “É uma atenção que deve ocorrer todos os dias do ano, interferindo de uma ponta a outra da cidade”, destacou. O mutirão de serviços também já passou pelos canais do Arroz, em Jardim Fragoso; Ouriço do Mar, em Ouro Preto; Azeitona, em Peixinhos; e o canal da Avenida México, em Rio Doce.

Cortando a Avenida Presidente Kennedy, o canal Lava Tripas, marcado por uma rotina histórica de degradação, já exibe uma nova realidade. No local, a população tem aprovado a iniciativa. O comerciante Paulo Bezerra, 47, conhece de perto os problemas da região. “Sempre fomos vítimas de grandes alagamentos, sempre com muitos prejuízos. A esperança agora é que a avenida volte a ter vida”, disse. Os serviços de limpeza também passam por corredores como a Avenida Carlos de Lima Cavalcanti, em Bairro Novo, incluindo capinação e pintura de meio-fio.