Educação

Publicado em 04/04/17 às 12:09 | Atualizado em 04/04/17 às 12:09

Ações de prevenção ao uso de drogas entram nas atividades extracurriculares das escolas de Olinda

Ciclo de palestras traz temas atuais e uma linguagem mais próxima da da juventude. Atividades contam com a exibição de vídeos, orientação e a distribuição de brindes.

Por Marcilio Albuquerque

Jovens e adolescentes, entre 15 e 18 anos, contaram com um canal aberto para o diálogo, nesta terça-feira (4). A equipe do projeto “Re9 Sua Ideia”, desenvolvido pela Coordenação da Juventude de Olinda, reuniu estudantes do Colégio e Curso Universo, na IV Etapa de Rio Doce. Com uma linguagem clara e acessível, o grupo aprendeu sobre os perigos que as drogas podem oferecer para todas as fases da vida. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Educação, que está promovendo um ciclo de palestras nas escolas municipais, estaduais e da rede privada.

As atividades duram cerca de uma semana em cada local, contando com a orientação de profissionais, exibição de vídeos e a distribuição de brindes. O aluno Luiz Augusto Alves, 15 anos, matriculado no 2º ano do Ensino Médio, foi um dos que aprovaram a visita. “É um mal que pode atingir qualquer um de nós. É preciso estar consciente hoje, evitando uma destruição no futuro”, opinou. Para Brenda Vitória, 16, a ação também foi interessante. “Pudemos ver um mundo que era desconhecido, entendendo que as drogas trazem muita dor e sofrimento para toda a família”, contou.

O professor das turmas, Rafael Furtado, acompanhou a palestra e destacou sua importância. “Representa a prevenção para uma mudança negativa desta geração, algo que temos acompanhado de perto”, avaliou. A garotada também participa de um concurso de desenho livre, onde poderão expressar no papel um universo livre das drogas. A próxima parada dos profissionais, a partir do dia 17, será na Escola Municipal Escritor Paulo Cavalcanti, também em Rio Doce. Segundo o coordenador do projeto, Josildo Ferreira, a proposta deve se estender durante todo o ano.