Educação

Publicado em 07/10/17 às 8:59 | Atualizado em 07/10/17 às 8:59

Com presença do prefeito e ministro da Cultura, Bienal tem início em Olinda

Por pedropaulo

Por Marcílio Albuquerque
Olinda abriu as portas para as letras e o conhecimento, nesta sexta-feira (6), com a chegada da 11ª edição da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco. A megafeira aportou no Centro de Convenções, no bairro de Salgadinho, trazendo programação para todas as idades, incluindo palestras, rodas de diálogo e apresentações culturais. Com o tema “Literatura, Democracia e Liberdade”, o evento segue até o próximo dia (15). Os ingressos trazem preços a partir de R$ 7,00 e os estudantes da rede pública podem ter acesso sem pagar nada. O prefeito Professor Lupércio prestigiou a abertura, ressaltando a valorização da qualificação.

Em visita a cidade, conhecendo obras no Sítio Histórico, o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, também acompanhou o início dos trabalhos na Bienal, ao lado dos secretários municipais de Patrimônio e Cultura, Gilberto Sobral, e da Educação, Esportes e Juventude, Paulo Roberto Souza. “Receber a Bienal é motivo de grande alegria para a população de Olinda e, com certeza, para todos os pernambucanos. Trata-se de um evento que consegue reunir culturas de todas as partes do mundo, valorizando a leitura e o conhecimento”, destacou o Professor Lupércio.

A valorização da educação é uma das principais bandeiras desta gestão. A cidade recebeu, no último mês, a Fenelivro, que também destacou o trabalho dos escritores e ainda estimulou a qualificação, oferecendo um cartão-bônus para que os professores da rede municipal pudessem adquirir novos exemplares.