Educação

Publicado em 09/08/17 às 11:53 | Atualizado em 09/08/17 às 11:59

Educação de Olinda renova Biblioteca da Escola Municipal Duarte Coelho

O acervo tem mais de duas mil publicações

Por Juliana Nascimento

Texto e fotos: Pattrícia Viviane 

 

A formação do hábito de leitura, entre outros aspectos, é criada a partir da frequência às bibliotecas. Nessa perspectiva, a Secretaria de Educação de Olinda entregou nesta terça-feira (08.09), totalmente requalificada, a Biblioteca da Escola Municipal Duarte Coelho. Os recursos investidos na obra são provenientes do PDDE.  O espaço, que leva o nome em homenagem a ex-diretora da unidade de ensino,  Professora Dionaura Maria Costa, conta com um acervo de 2,5 mil livros de assuntos diversos e fica no bairro do Carmo.

Diretora da biblioteca, Ana Bárbara Tomatieli afirma que a reestruturação é relevante para ampliação dos conhecimentos. “O objetivo final é que todos os alunos tenham acesso à leitura. A intenção é transformar os estudantes em cidadãos mais atuantes e mais independentes”, ressalta.

Luiza do Carmo da Silva, mãe do aluno Renan, 9 anos, destaca que a recuperação deixou o espaço harmonioso. “É onde o meu filho e os seus coleguinhas gostam de estar”.

Para a professora de Língua Portuguesa do 6º e 7º ano, Elis Mônica e Silva Galindo, “incentivar a leitura é diversificar o vocabulário, é enriquecer o conhecimento do aluno e não restringi-lo a uma única opinião, haja vista que o processo de leitura desperta o senso crítico”.

Hoje os professores da rede municipal de Ensino de Olinda realizam projetos  concomitantemente com o projeto de leitura existente dentro das bibliotecas, trabalhando temas transversais, como meio ambiente, ética, pluralidade social, entre outros.

De acordo com o Secretário de Educação, Esportes e Juventude, Paulo Roberto Souza Silva, as mudanças são resultantes da seriedade com que o prefeito Professor Lupércio trata a Educação municipal. “Temos um caminho ainda muito grande a percorrer, mas estamos avançando. Reformamos, recuperamos, entregamos escolas, merenda escolar de qualidade e muito mais. Enfim, a Educação recebe todos os dias um cuidado especial nesses últimos sete meses”, informou o secretário.

HISTÓRIA – A Escola Municipal Duarte Coelho foi inaugurada em 1935, quando a família Nigro doou o prédio atual ao constatar que não havia escola em Olinda que abrangesse a matrícula para os seus netos. Com uma arquitetura do início século XX e que se adequa à Lei do Tombamento do Sítio histórico.   Quando a Prof. Dionaura Maria Costa, na época, assumiu a direção da escola, em 2012, constatou as condições precárias para leitura em um espaço improvisado e deu início a um sonho:  a criação de uma verdadeira biblioteca, com a principal preocupação de um local de democratização da leitura e do conhecimento, visando despertar o amor aos livros. “Por isso foi primordial, primeiramente, a reorganização deste espaço que surgiu a partir da colaboração entre as pessoas que acreditam em uma educação melhor e na importância da leitura para os educandos e todo esse trabalho dedicamos a nossa mestra Prof. Dionaura Maria Costa”, destaca a diretora da biblioteca, Ana Bárbara Tomatieli. A auxiliar de serviços gerais do espaço, Elizabhet de Sena Guedes, 63 anos, era só entusiasmo com a reabertura da biblioteca. “A nossa mudança aconteceu a partir do incentivo que recebemos da diretora que promove além de conhecimento, mudanças de costumes. E o nosso trabalho se torna fundamental para que o professor possa trabalhar com a leitura e os estudantes fiquem bem mais informados”, comentou.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Tags desta notícia: , , , , ,