Destaque

Publicado em 26/09/17 às 14:12 | Atualizado em 28/09/17 às 15:13

Educadores de Olinda discutem formas de aproveitar melhor as ferramentas tecnológicas na sala de aula

Parceria público-privada discutiu a Design Thinking

Por alicemafra

O cenário nas salas de aula já não é mais o mesmo de algumas décadas. A cada ano que passa, os alunos têm mais acesso a tecnologia. Pensando nisso, uma parceria entre a Secretaria de Educação, Esportes e Juventude de Olinda com a Fundação Telefônica, o Instituto Crescer e o Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS), está realizando a capacitação com o tema: Como pensar inovação dentro do cenário escolar.  Na manhã desta terça-feira (26) e amanhã (27.09), a partir das 8h, educadores, técnicos e gestores participam de várias oficinas.

O trabalho, que foi montado pela Secretaria Executiva de Programa e Projetos Educacionais e do Núcleo de Tecnologia Educacional, Comunicação e Idiomas de Olinda, trouxe para os mais de 40 membros da educação municipal a oportunidade de aperfeiçoar o trabalho e alcançar o desempenho total dos seus smartphones e notebooks.

Com os desafios do século XXI, a Metodologia Design Thinking se mostra indispensável na rotina escolar. Ela que foi abordada pelo educador Beto Silva do Instituto Crescer, trouxe contextos de inovação na sistemática de passar conteúdo de forma conectada. “Esperamos que cada um possa sair daqui com algo novo para seu ambiente de trabalho”, conta.

A pretensão é fazer com que cada instituição de ensino presente leve uma nova proposta para ser adotada nas escolas.