Educação

Publicado em 03/04/17 às 17:29 | Atualizado em 04/04/17 às 10:17

Escola da Rede Municipal de Ensino recebe reforma em Olinda

Claudino Leal, na Cidade Tabajara, tem conclusão de obra prevista para 90 dias

Por pedropaulo

Com o objetivo de proporcionar mais conforto, acessibilidade e melhorias na qualidade da educação, a Prefeitura de Olinda, através da Secretaria de Educação, Esportes e Juventude, executa reformas em 25 unidades da Rede Municipal de Ensino. Uma das instituições que contou com o início das obras nesta semana foi a Escola Claudino Leal, na Cidade Tabajara, Olinda.

Foto: Arquimedes Santos / Prefeitura de Olinda

Com quase 800 alunos distribuídos em 23 turmas (10 de manhã, 10 à tarde e três à noite), que vão da Educação Infantil até a Educação de Jovens e Adultos, a Claudino Leal tem como uma das principais preocupações a questão da acessibilidade. Na reforma, estão previstas construções de rampas de acesso e banheiros especiais, por exemplo. Para a gestora da unidade, Patrícia Coruso, as obras serão fundamentais para atender os 23 alunos matriculados que necessitam de cuidados diferenciados.

“Desde 2013 aguardamos essa reforma. Uma empresa começou, depois abandonou, teve processo de licitação, abandonaram de novo. Agora, de fato, estamos vendo a coisa evoluir. Os alunos estão ansiosos. O atendimento de qualidade é o maior benefício que a reforma proporcionará. Teremos melhor acessibilidade aos cadeirantes. Quando falamos em inclusão, precisamos atender bem, com estrutura, com piso adequado e outros elementos que ainda não possuímos”, destaca Coruso.

Além de investir na educação, para trazer frutos no presente e no futuro aos jovens, as escolas pretendem se tornar um espaço para atrair os alunos, para que não fiquem nas ruas por muito tempo. Para o secretário de Educação, Paulo Roberto, os cuidados com as instituições de ensino são “obrigação” da atual gestão.

“Essas escolas estão há cinco anos no esquecimento, abandonadas. É um compromisso nosso darmos satisfação para a comunidade, pais e professores desses colégios. Vamos trazer diversas melhorias que proporcionem qualidade para o desenvolvimento dos jovens”, acrescenta o secretário.

Reformas

Ao todo, 25 unidades passarão por obras, com investimento que ultrapassam R$ 1,5 milhão. Além do Claudino Leal, a Escola Doutor Manoel Borba, em Sítio Novo, também já tem iniciadas as reformas estruturais. Os colégios receberão pinturas, novas esquadrias nas portas e janelas, pisos (atendendo as normas brasileiras de acessibilidade), instalações elétricas e hidráulicas, novas cerâmicas, reforma nos banheiros, entre outros.

Foto: Arquimedes Santos / Prefeitura de Olinda

print