Educação

Publicado em 26/04/16 às 16:36 | Atualizado em 11/05/16 às 11:29

Escola de Olinda inicia Projeto Pontinhos de Leitura nas casas dos estudantes

Familiares recebem estímulo à prática da leitura com as crianças através de pontos de leituras itinerantes montados em suas residências

Por Clara Albuquerque

estudo-portal-Pontinhos-de-Leitura-V2-26-04-16Os estudantes da Escola Municipal Base Rural Margarida Alves, que fica no bairro de Ouro Preto, em Olinda, estão vivendo uma experiência lúdica e diferente com a leitura. Cerca de 160 estudantes da Educação Infantil e suas famílias estão sendo beneficiados com o projeto Pontinhos de Leitura, idealizado por Roberta Barros, professora da Educação Infantil da escola. Através do projeto, pontos de leitura estão sendo montados nas residências dos estudantes com a finalidade de estimular a prática entre as famílias, com caráter itinerante. As crianças atendidas são moradoras da zona rural do município.

Segundo a professora Roberta Barros, a ideia surgiu a partir da necessidade de os estudantes terem um estímulo à leitura não somente na escola, mas também em suas casas. “Nós queremos oferecer um espaço lúdico nessas casas, já que muitas crianças nunca tiveram a oportunidade de vivenciar uma experiência como essa com suas famílias. É uma forma de dar continuidade às atividades realizadas em sala de aula. Através do dia a dia na escola com os estudantes e seus familiares, proporcionaremos o estímulo à prática da leitura com conversas, pedindo um retorno da utilização dos Pontinhos”, explica ela. As famílias, também, receberão um questionário de avaliação do projeto que ficará por três meses em cada casa.

O projeto Pontinhos de Leitura é formado por mesas, cadeiras e estantes com literatura infantil. Cada estante recebe vinte e cinco livros. O projeto recebeu os recursos da ONG Somos Professores.

“Com o pontinho de leitura, meus filhos estão conhecendo mais as letrinhas, as suas formas, desenhos e figuras. Os amiguinhos vem também e aproveitam junto com eles. Fica uma bagunça boa, muita brincadeira, mas no final eles entendem o que a gente passa e interagem. Eu sempre leio para meus filhos. O meu mais velho, Miguel, logo, logo aprenderá a ler, porque ele já conhece todas as letras e já junta as sílabas. Está sendo muito bom”, nos contou Alexandra da Silva, mãe do aluno Miguel da Silva, de 6 anos, beneficiada por um Pontinho de Leitura na sua casa.

A história de Vitória – Após o período de inscrição, três famílias receberam o material para levarem para casa, por meio de sorteio. Na estreia do projeto, a escola contemplou uma estudante muito especial do Grupo VI da Educação Infantil que, por motivo de tratamento de leucemia, não tem condições de ir às aulas. Isabela Vitória dos Santos tem seis anos e ficou surpresa ao ver o projeto chegar até a sua casa. “Eu acho ótimo este projeto pelo fato de ela não poder ir à escola. É uma forma de ela ter um pouquinho desse ambiente em casa. Ela está muito feliz”, diz a mãe de Isabela, Andreza Carla Ferreira Maurício, de 27 anos.

Tags desta notícia: , , , ,