Educação

Publicado em 27/04/17 às 10:59 | Atualizado em 27/04/17 às 10:59

Xadrez vira aliado da metodologia de ensino em Olinda

A modalidade tem melhorado a concentração e aguçado a aprendizagem dos estudantes

Por Juliana Nascimento

Texto:  Pattrícia Viviane

Este slideshow necessita de JavaScript.

O tradicional jogo de xadrez está virando um aliado da metodologia de ensino aplicada no município de Olinda. A modalidade está elevando o nível de concentração, aguçando o raciocínio da estudantada, ampliando a socialização e o caráter de responsabilidade com os estudos. Na Escola Maria da Glória Advíncula, por exemplo, que fica no Guadalupe, o jogo passou a ter interdisciplinaridade com várias disciplinas, principalmente com matemática.

As aulas de xadrez são ministradas pelo professor de Educação Física Pedro Botelho. Com adesão de mais de 50% de alunos, todas às quintas-feiras, eles se reúnem durante 45min para a dedicação exclusiva ao tabuleiro. “Voluntariamente, passei a ensinar o jogo às crianças. A escola fica em um bairro de baixa renda, onde os alunos não têm muito opções. Então, as aulas lotaram. Todos querem jogar”, conta.

Segundo a diretora da unidade de ensino, Marilda Ferreira de Melo, o desempenho em sala de aula melhorou não só nas disciplinas da área de exatas, mas também em matérias de humanas, além de desenvolver a socialização. “Foi constatado um crescimento das notas além de verificar que, em comparação com alunos que não jogam xadrez, 93,3% das médias dos alunos adeptos ao esporte são maiores”, pontua a diretora.

“A importância de ensinar o xadrez nas escolas desenvolve as habilidades cognitivas das crianças, além do convívio e respeito das regras. Além de melhorar o desempenho escolar, os jovens se tornam multiplicadores do conhecimento. O que se aprende no tabuleiro se usa para a vida”, explica o secretário de Educação, Esportes e Juventude de Olinda, Paulo Roberto Souza Silva

Tags desta notícia: , , , , ,