Gestão Pública

Publicado em 10/12/15 às 18:41 | Atualizado em 23/11/16 às 18:03

Olinda ocupa terceiro lugar no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano dos municípios de Pernambuco

Olinda destaca-se numa pesquisa que avalia 180 indicadores, nos quais são enfatizados pela Organização das Nações Unidas, ONU, três vetores principais: longevidade, educação e renda da população

Por Carla Amaral

 cidade aparece apenas depois da capital, Recife, e do arquipélago de Fernando de Noronha, que atingiu o nível mais alto. Foto: Antônio Melcop/Pref.Olinda

A cidade aparece apenas depois da capital, Recife, e do arquipélago de Fernando de Noronha, que atingiu o nível mais alto. Foto: Antônio Melcop/Pref.Olinda

Segundo dados da pesquisa desenvolvida pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, PNUD, e pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, IPEA, divulgados em julho de 2013, Olinda ocupa o terceiro lugar no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano (IDHM) em Pernambuco. A cidade aparece apenas depois da capital, Recife, e do arquipélago de Fernando de Noronha, que atingiu o nível mais alto.

Olinda destaca-se numa pesquisa que avalia 180 indicadores, nos quais são enfatizados pela Organização das Nações Unidas, ONU, três vetores principais: longevidade, educação e renda da população. O IDHM da cidade foi de 0,735, em 2010, o que situa o município numa faixa de Desenvolvimento Humano alto.

Analisando comparativamente os dados obtidos, Olinda alcançou um índice de 0,648 na pesquisa realizada em 2000, o que equivale, conforme os dados obtidos em 2010, a uma taxa de crescimento de 13,43%.

A dimensão que mais contribuiu para o IDHM no município foi Longevidade, que alcançou o índice de 0,836, seguida de Renda, com 0,704 e Educação com 0,675. O índice que mais cresceu em termos absolutos, no período de 2000 a 2010, foi Educação, cujo crescimento foi de 0,159.

Confira todos os dados na íntegra:

Tags desta notícia: , , , , ,