Gestão Pública

Publicado em 03/05/16 às 11:51 | Atualizado em 18/05/16 às 21:45

Primeira audiência pública sobre a revisão do Plano Diretor é realizada em Olinda

O Plano Diretor é um instrumento básico de planejamento da cidade, e norteará o desenvolvimento do município nos próximos dez anos

Por Rodrigo Barradas

A audiência pública contou com membros do governo municipal, representantes da sociedade civil, do Ministério Público de Olinda, e de movimentos sociais. Foto: Rodrigo Barradas/Pref.Olinda

A audiência pública contou com membros do governo municipal, representantes da sociedade civil, do Ministério Público de Olinda, e de movimentos sociais. Foto: Rodrigo Barradas/Pref.Olinda

Na última sexta-feira (29) aconteceu, no Palácio dos Governadores – Sede da Prefeitura de Olinda -, a primeira audiência pública sobre a revisão do Plano Diretor da cidade, e que contou com membros do governo municipal, representantes da sociedade civil, do Ministério Público de Olinda, e de movimentos sociais. Na ocasião, foi lançando uma página na internet para socialização das informações e interação com a população. O link é  www.olinda.pe.gov.br/planodiretor.

“Hoje, estamos abrindo o debate com a população sobre a renovação do Plano Diretor, ou seja, a modificação que deve ser feita a cada dez anos na legislação. Estamos fazendo essa revisão para adaptar os instrumentos de política urbana à realidade do município. Olinda ganhou nos últimos anos muitos investimentos como supermercados, shopping, aberturas de grandes vias, o que passou a dar uma dinâmica muito grande à cidade. Por isso, é preciso fazer esse acompanhamento através do planejamento urbano. E a participação da população é muito importante, que junto ao poder público irá construir esse futuro que se pretende para Olinda”, disse Helvio Polito, secretário de Meio Ambiente Urbano e Natural do município.

O Plano Diretor é um importante instrumento para o planejamento da cidade que queremos. É nele que vamos indicar como será o desenvolvimento do município. Por isso é tão importante a participação popular. Como no caso de Renato Fonseca, que participa do processo e é membro do Centro de Cultura Luiz Freire. “É muito importante que toda sociedade se envolva. Questões como moradia, saneamento e mobilidade serão discutidas aqui, assim como a questão de como você vai para o trabalho, de como você vai morar, de quem vai decidir como a população deve se fixar, e como será o nosso meio ambiente no futuro. A oportunidade de participar é agora”, disse.

“Eu acho que o debate sobre o Plano Diretor, especialmente na sua revisão é um debate estratégico colocado hoje nas demandas sociais, que envolve cultura e participação popular. E a participação social é fundamental. É importante que a sociedade se envolva nesse processo, deixando a cidade mais justa, democrática e transparente”, disse Alexandre Miranda, do movimento Mais Parques Olinda.

Durante a abertura, Fernanda Costa, advogada especialista em planejamento e uso do solo urbano pelo IPPUR/UFRJ, e mestra em planejamento urbano e regional pelo MDU/UFPE proferiu a palestra inicial sobre o tema Plano Diretor – Instrumento da Política Urbana.

Para mais informações, acesse: www.olinda.pe.gov.br/planodiretor

Veja mais

Tags desta notícia: , , , ,