Gestão Pública

Publicado em 26/12/16 às 15:49 | Atualizado em 01/01/17 às 19:27

Uma Olinda que cresceu e se desenvolveu

Após muita luta, empenho e honestidade de propósitos, temos uma cidade melhor de se viver. Confira um resumo das principais ações da Prefeitura de Olinda, nos últimos anos

Por Secretaria de Comunicação de Olinda

Apesar de carregar, em termos de gestão pública, o estigma de possuir problemas de cidade grande e, historicamente, arrecadação de cidade pequena, a última década ficará marcada para sempre por grandes avanços no município de Olinda, com índices bastante positivos, que contribuíram, consideravelmente, para o seu desenvolvimento econômico e social. Sempre com muito esforço, dedicação, trabalho contínuo e força política junto aos demais entes da Federação.

Como a arrecadação própria sempre foi inferior às necessidades de efetuar grandes investimentos, usou-se de grande articulação junto aos governos Estadual e Federal, para conquistar recursos para elaboração de projetos estruturadores, viabilizar a aprovação e a liberação desses recursos e cumprir rigoroso cronograma de execução das obras.

Aliado a tudo isso, uma correta aplicação desses recursos e a comprovação da aplicação responsável dos valores captados, bem como a regularidade das devidas prestações de contas, com absoluta transparência e seriedade.

Promover educação de qualidade é investir no futuro da juventude

Na área da educação, uma das maiores conquistas dos últimos tempos para os olindenses foi a implantação, em parceria com o Governo Federal, do primeiro Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPE). O campus Olinda já funciona, desde 2014, provisoriamente, no prédio da Escola Municipal Bispo Robinson Cavalcanti, na Rua Sérgio Godoy de Vasconcelos, em Jardim Atlântico, onde são oferecidos os cursos de Artes Visuais e Computação Gráfica.

Perspectiva da sede definitiva do IFPE Olinda

Perspectiva da sede definitiva do IFPE Olinda

A escolha dos cursos foi manifestada pela própria população do município através de pesquisas de campo.

A Prefeitura identificou uma área que atende às condições exigidas pelo programa de construções de Institutos Federais, localizada em Casa Caiada, onde será construída a sede definitiva do IFPE Olinda.

Uma orla digna de cartão postal

Um dos maiores projetos das últimas décadas na cidade, e que será lembrado pelo resto da vida, é a revitalização da orla. Num trecho de 6,5 km, compreendido entre o início da Av. Ministro Marcos Freire e a ponte do Janga, foram construídos ciclovia, pista de cooper, quiosques, banheiros, equipamentos de ginástica e lazer. Também foi feito todo o recapeamento e construção de novas vias e urbanização de toda a praia.

Além de oferecer melhores opções de lazer aos moradores, a reestruturação da orla de Olinda será um atrativo especial que, aliado ao potencial cultural da cidade, também fortalecerá a economia local.

Avanços na Cultura e Patrimônio

Além de ratificar, durante os últimos 15 anos, o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, conferido pela UNESCO, e conquistado o título de 1ª Capital Brasileira da Cultura, Olinda teve vários avanços na área de patrimônio e cultura. Entre eles, podemos citar a revitalização do Alto da Sé, do Largo do Fortim do Queijo, e a modernização da Biblioteca Pública.

Um capítulo à parte foi a profissionalização do Carnaval, principal festejo da cidade. Hoje, os investimentos ultrapassam os R$ 10 milhões, com captação de recursos de cerca R$ 6,5 milhões. A estimativa é que a festa injete aproximadamente R$ 60 milhões na economia local, além de gerar 65 mil empregos temporários.

Uma cidade bem cuidada

Um projeto que também mereceu destaque nos últimos anos foi o Cidade Limpa – Sem Entulhos. Aliado às câmeras de monitoramento, que foram instaladas em pontos críticos, coibiu o descarte irregular de resíduos sólidos através da aplicação de multas, que variavam de acordo com o montante de lixo descartado.

Uma outra iniciativa foi a parceria com a Secretaria Executiva de Ressocialização do Estado (Seres) para a inserção de reeducandos no trabalho de manutenção da cidade. Já as principais ruas e avenidas da cidade tiveram sua iluminação requalificada.

Um canteiro de obras

Nos últimos 15 anos, Olinda se transformou num verdadeiro canteiro de obras, uma vez que cuidar da cidade e garantir o bem-estar, a qualidade de vida e a segurança dos olindenses sempre foi o objetivo principal da últimas gestões que estiveram à frente da Prefeitura Municipal.

Mesmo com a arrecadação própria sempre inferior às necessidades de efetuar grandes investimentos, foi necessário usar de grande articulação junto aos governos Estadual e Federal para conquistar recursos para elaboração de projetos estruturadores, viabilizar a aprovação e a liberação desses recursos e cumprir rigoroso cronograma de execução das obras.

Além de diversas obras de Urbanização Integrada em vários bairros, podemos destacar a construção de muros de arrimos em pontos críticos da cidade, evitando o deslizamento de barreiras, pavimentação de centenas de ruas e avenidas e a construção de milhares de unidades habitacionais, garantindo moradia popular para as classes menos favorecidas.

Indicadores da saúde com números positivos

Requalificação e ampliação da Unidade de Saúde da Família do Alto da Conquista. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

Requalificação e ampliação da Unidade de Saúde da Família do Alto da Conquista. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

No que diz respeito a saúde no município, houveram, nos últimos 15 anos, mudanças significativas. E pra melhor, é claro. Vários indicadores apresentaram reduções consideráveis, como é o caso dos índices de vulnerabilidade social e de mortalidade infantil, que apresentou redução de cerca de 30%.

Um outro ponto que merece destaque, foi a reforma de todas as unidades de saúde do município. O programa Consultório na Rua também echeu de orgulho os gestores da Prefeitura, conquistando o 2º lugar no concurso “Práticas Inovadoras da Gestão Municipal”, durante o 2º Congresso Pernambucano de Municípios, organizado pela Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE).

Mais um gol de placa

Estádio Grito da Repúlica, em Rio Doce. Foto: Weverton Mello/Pref.Olinda

Estádio Grito da Repúlica, em Rio Doce. Foto: Weverton Mello/Pref.Olinda

Falta pouco, muito pouco, para a bola começar a rolar no gramado do Estádio Grito da República, em Rio Doce. Com a conclusão dos trabalhos, o espaço, que é uma reivindicação antiga dos olindenses, terá capacidade para 16 mil pessoas e contará com campo oficial, vestiários, cabines para imprensa, vagas de estacionamento, um mini-campo de areia, playground, seis torres de iluminação, além de outras áreas de lazer.

Com recursos provenientes do Ministério dos Esportes e da Prefeitura de Olinda, o estádio está prestes a ser concluído e entregue a comunidade. O Grito da República atende a todos os pré-requisitos da Federação Pernambucana de Futebol e estárá apto para receber jogos da Série A do Campeonato Pernambucano de Futebol e da Copa do Brasil.

Tags desta notícia: , , , , , , , , , , ,