Meio Ambiente

Publicado em 31/05/17 às 16:20 | Atualizado em 01/06/17 às 19:45

Semana do Meio Ambiente conta com programação extensa em Olinda

‘Conhecer para preservar’ é o tema da ação no município

Por pedropaulo

Junho começa com a Semana Mundial do Meio Ambiente. Em 2017, o tema internacional será “Conectando pessoas à natureza”. Para celebrar o período, Olinda preparou uma programação especial de sensibilização do público, com a temática “Olinda, conhecer para preservar”. Entre os dias 5 e 7 de junho, o município promoverá palestras, passeios e ações infantis para “apresentar” a natureza da cidade aos moradores e alertar sobre os cuidados com a sustentabilidade. A abertura ocorre na segunda (5), no Auditório do Palácio da Prefeitura de Olinda. A partir das 9h, o Centro de Educação Musical de Olinda (CEMO) faz uma apresentação.

Na sequência, o Prefeito Professor Lupércio abre oficialmente o evento. Ainda no primeiro dia, o secretário de Meio Ambiente Urbano e Natural, André Botelho, junto de sua equipe de biologia e arquitetura, abordará temas como a Reserva de Floresta Urbana Mata do Passarinho e o Centro de Educação Ambiental. Duas palestras encerram a programação do primeiro dia: “Conectando pessoas à Natureza: conhecendo Olinda para preservar”, com o arquiteto e urbanista André Pina; e “A3P – Agenda Ambiental na Administração Pública”, com o coordenador de Desenvolvimento Sustentável da Focca, Cristiano Carrilho.

Na terça (6) e quarta (7), as ações se dividem em dois polos: Centro de Educação Ambiental e Reserva de Floresta Urbana Mata do Passarinho. No primeiro, localizado na Estrada do Bonsucesso, ocorrerá exposição dos principais trabalhos desenvolvidos nas escolas municipais sobre o tema “Eu estou com a natureza”; oficina com papel reciclado; contação de histórias; arte – educadores; cine ambiental; apresentação do Projeto Pintando a Natureza; e exposição das ações das secretarias do município relacionadas ao tema. Já na Estrada do Passarinho, terá histórias; oficina sobre agroecologia e fitoterapia; palestra com a Associação Pernambucana de Apicultores e Meliponicultores; e cine ambiental. Ainda terá uma aula passeio, atividade itinerante, para a Mata do Passarinho e o Espaço Ciência. Dois ônibus vão pegar alunos nas escolas para conhecer a reserva, na unidade de conservação; e o Espaço Ciência, com foco em manguezais. Participam crianças do 5º ao 9º ano da rede municipal.

“É mais fácil trabalhar o desenvolvimento sustentável nas crianças. O conceito de sustentabilidade que temos é cuidar da natureza para gerações futuras. Temos que pensar nas atuais crianças para a qualidade de vida lá na frente. O carro-chefe são as crianças”, destaca André Botelho.

O evento vai trabalhar o que Olinda oferece em sustentabilidade nas áreas de unidades ambientais. A cidade tem manguezais, lagoas, rios, horto, praias, áreas rurais com potencial para crescimento. O intuito da Secretaria de Meio Ambiente é que pessoas fiquem conectadas com a natureza através do conhecimento da cidade, o que Olinda oferece. O evento quer exaltar a Lagoa de Santa Tereza, manguezais do Espaço Ciência, área ecológica, Istmo de Olinda, entre outros pontos. O principal objetivo da ação é mostrar a população que é preciso conhecer a cidade para cuidar dela.

“São mudanças de hábitos contínuos. Mas a gente, através de uma educação ambiental continuada, vamos fazer e as pessoas vão mudando o pensamento. Bons hábitos e boas atitudes de preservação ao meio ambiente. O que você faz no local, atinge o planeta. Se cada um fizer sua parte, teremos um lugar melhor, para a atual e futuras gerações, tem que ter cuidado onde quer que esteja”, concluiu Botelho.