Destaque

Publicado em 10/10/17 às 11:32 | Atualizado em 10/10/17 às 11:32

Apitaço sensibiliza população de Olinda sobre os riscos do câncer de mama

A estimativa é que no Brasil existam 56,20 casos a cada 100 mil mulheres

Por alicemafra

Este slideshow necessita de JavaScript.

As secretarias de Saúde e de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos de Olinda promoveram nesta terça-feira (10.10), na Rua do Sol, um apitaço para sensibilizar o público sobre os riscos do câncer de mama. O trabalho faz parte das atividades do Outubro Rosa.

Com seus apitos chamando atenção para a causa, uma equipe de 20 voluntários levou  cartazes e panfletos para alertar pedestres, motoristas e passageiros dos coletivos sobre a prevenção e combate à doença.

O câncer de mama é o tipo mais comum e que mais mata mulheres em todo o mundo (desconsiderando Câncer de pele). A estimativa é que no Brasil existam 56,20 casos a cada 100 mil mulheres. Se a doença for diagnosticada no primeiro estágio, a chance da recuperação é bem maior.  “Temos que deixar a população ciente que o autoexame pode salvar vidas. A informação é essencial”, ressalta a secretária executiva da Mulher, Verônica Brayner.