Destaque

Publicado em 13/09/17 às 12:27 | Atualizado em 13/09/17 às 12:27

Capacidade de coleta de exames laboratoriais é ampliada na Policlínica Ouro Preto

O número de fichas para coleta de exames de sangue, urina, fezes e escarro passou de 160 por mês para aproximadamente 90 por semana

Por mariliabanholzer

A coleta do material é realizada nos dias de terça, quarta e quinta-feira, a partir das 7h. Fotos: Sandro Barros/divulgação PMO

Os moradores do bairro de Ouro Preto, em Olinda, que precisarem fazer exames laboratoriais contam agora com o reforço no atendimento da Policlínica Ouro Preto, localizada na Rua Peixe Agulha. O número de fichas para coleta de exames de sangue, urina, fezes e escarro (para Tuberculose) passou de 160 por mês para aproximadamente 90 por semana – o que corresponde a 360 procedimentos mensais.

A coleta do material é realizada nos dias de terça, quarta e quinta-feira, a partir das 7h. São distribuídas cerca de 30 fichas por dia, além de outras preferenciais para pessoas com deficiência, idosos e recém-nascidos. Com o incremento, a população passa a ter acesso a exames de Cultura, Coagulograma, Espermograma, teste de tolerância a Glicose e Lactose, Poteinúria de 24h e Curva Glicêmica. A orientação é de que os pacientes cheguem à unidade antes das 8h, já que às 9h, o material colhido é encaminhado para análise clínica.

A orientação é de que os pacientes cheguem à unidade antes das 8h, já que às 9h, o material colhido é encaminhado para análise clínica

Parte desses exames é feita no laboratório Central da Secretaria de Saúde de Olinda. Para esses, o resultado é emitido em até cinco dias. Os demais são encaminhados a um laboratório conveniado e os resultados são entregues em até dez dias. Quando um paciente precisa de exames feitos pelos dois laboratórios, a Policlínica Ouro Preto espera que todos os laudos estejam na unidade de saúde para entregar todos juntos ao usuário do serviço.

Tags desta notícia: , , , , , , ,