Saúde

Publicado em 25/04/16 às 16:02 | Atualizado em 03/05/16 às 12:57

Dia 30 de abril é o Dia “D” da vacinação contra a Gripe H1N1 em Olinda

O atendimento ocorrerá nos postos e policlínicas da cidade, para crianças de seis meses a menores de cinco anos; gestantes; puérperas; idosos; e pessoas com comorbidades (quando duas ou mais doenças estão relacionadas)

Por Rodrigo Barradas

estudo-portal-Dia-D-contra-o-H1N1-25-04-16

O próximo sábado (30) é o Dia “D” da vacinação contra o H1N1 em Olinda, mas a vacinação começou hoje (25) e vai até o dia 20 de maio, voltado para crianças de seis meses a menores de cinco anos; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); idosos (a partir de 60 anos); trabalhadores de saúde, e pessoas com comorbidades (quando duas ou mais doenças estão relacionadas).

O atendimento ocorre das 7h às 17h nas policlínicas, e das 8h às 17h nos postos de saúde. No sábado, estaremos vacinando também o público que frequenta os terreiros de candomblé da cidade com uma equipe volante, das faixas etárias atendidas pela campanha do Ministério da Saúde. 86 mil pessoas devem ser vacinadas na Cidade Patrimônio.

H1N1 – ou gripe suína é uma doença respiratória dos porcos causada por um vírus de influenza do tipo A. As pessoas, normalmente não a contraem, porém infecções em seres humanos podem acontecer e, o Brasil, infelizmente vem passando por um surto dessa doença. Gestantes, doentes crônicos, crianças pequenas, pessoas com obesidade e com outros problemas respiratórios também estão entre os grupos mais vulneráveis para gripe H1N1.

Os sintomas são bem parecidos com os da gripe comum e a transmissão também ocorre da mesma forma. A H1N1 pode causar falta de ar, dores no peito, tontura, confusão mental, fraqueza, desidratação. Crianças pequenas podem ter dificuldade respiratória e se recusar a ingerir líquidos. A prevenção da doença é feita com regras básicas de higiene, como cobrir a boca ao tossir ou espirrar e lavar as mãos com frequência.

Tags desta notícia: , , , ,