Destaque

Publicado em 08/03/17 às 15:02 | Atualizado em 13/03/17 às 15:40

Moradoras de Olinda recebem homenagem no Dia Internacional da Mulher

Além de rosas, as mulheres receberam atenção nas áreas de saúde e cidadania

Por alicemafra

As mulheres que passaram pela Rua do Sol, uma das mais movimentadas de Olinda, nessa quarta-feira (08.03), foram lembradas com uma ação simbólica pelo Dia Internacional da Mulher, com a distribuição de rosas brancas e folhetos educativos sobre a importância de combater a violência de gênero e ressaltar o poder feminino na sociedade. O ato foi uma mobilização conjunta entre as secretarias da Mulher e Direitos Humanos e de Saúde de Olinda. A mobilização começou às 6h e ficou concentrada nas proximidades da Praça do Carmo.

A secretária Executiva da Mulher e Direitos Humanos de Olinda, Veronica Brayner, comemorou o resultado. “A distribuição das rosas simboliza a paz e propõe sensibilizar a população pela luta dos direitos sociais e trabalhistas da mulher e a recepção foi excelente. Tanto das mulheres que se sentiram representadas, quanto dos homens que abraçaram a causa.”, disse.

Integrantes do Núcleo de Prevenção de Acidentes e Violência (NUPAV) da Secretaria de Saúde de Olinda e da Coordenadoria da Mulher da Secretaria Executiva da Mulher e Direitos Humanos também participaram da ação, junto com representantes do Centro de Referência da Mulher Márcia Dangremon, as Coordenações da Pessoa com Deficiência e de Igualdade Racial, a ONG Coletivo Mulher Vida e Coordenação de  Assuntos Religiosos. Para a representante da Coordenação de Igualdade Racial, Irismar Silva. “ A discriminação racial existe num todo, mas contra a mulher se torna mais evidente ainda e precisamos combater não só a racial, mas também outros tipos de violência”, desabafa.

A gestão municipal realizou também uma ação de cidadania voltada para as mulheres com mais de 60 anos. A atividade foi realizada nesta quarta-feira, 8 de março, no Centro de Convivência Anos Dourados, localizado no bairro de Ouro Preto – Cohab. O evento, que aconteceu de 8 às 12h, e contou com serviços como emissão de carteira de livre acesso, cadastro de idoso para estacionamento, palestras, teste de glicose, aferição de pressão, entre outros.

print