Saúde

Publicado em 27/01/17 às 12:51 | Atualizado em 27/01/17 às 12:53

Nova gestão da saúde recebe visita de representantes da Amotrans

Coordenação das doenças sexualmente transmissíveis vai trabalhar de forma educativa e preventiva durante o Carnaval

Por Pedro Morais

Diretor se reuniu com equipes das DSTs/Aids e AMOTRANS – Foto: Pedro Morais/Saúde Olinda

Durante uma reunião realizada na manhã desta quinta-feira (26.01), no Centro de Testagem e Aconselhamento de Olinda em DST/HIV/AIDS e hepatites Virais (CTA) de Olinda, instalado na Policlínica João Barros Barreto, Carmo, com o intuito de definir ações do enfrentamento da Aids no período de momo, o diretor de Vigilância em Saúde de Olinda, João Bosco, recebeu a visita de representantes da Articulação e Movimento para Travestis e Transexuais de Pernambuco (AMOTRANS).
Os dirigentes da entidade, que foram participar das atividades da IV Semana Nordestina de Visibilidade Trans, aproveitaram a oportunidade para conhecer o gestor da nova administração e apresentar propostas de ações conjuntas envolvendo a prefeitura e a AMOTRANS. A Semana Nordestina, que propõe o tema “Acorda e aborda, Pernambuco!”, está debatendo em diversos municípios do Estado assuntos referentes aos direitos, cidadania e a voz das reivindicações do segmento em Pernambuco.
Após o encontro com a diretoria da AMOTRANS, João Bosco promoveu uma reunião com a equipe da Coordenação das DSTs/Aids para planejar ações de enfrentamento da doença no município, bem como as atividades que serão implementadas durante o Carnaval. Durante a conversa com o grupo, o gestor destacou os planos para redimensionar o planejamento cotidiano do CTA. “Juntos iremos unir forças e trabalhar mais ainda para melhorar a saúde da população olindense”, enfatizou.

print