Destaque

Publicado em 28/09/17 às 17:10 | Atualizado em 28/09/17 às 17:10

Professor Lupércio revitaliza a quarta unidade de saúde em oito meses de gestão

Já foram recuperados os postos de Águas Compridas, Varadouro e Ilha do Maruim

Por Nathaly Nascimento

Fotos: Sandro Barros/ Prefeitura de Olinda

Por Pedro Morais

Mais de seis mil moradores de Torres Galvão, em Caixa D’Água, receberam o posto de saúde da comunidade totalmente revitalizado. É a quarta unidade requalificada pelo prefeito de Olinda, Professor Lupércio, em oito meses de gestão. A reativação do espaço foi realizada nesta quinta-feira (28.09), às 9h. O imóvel fica na Avenida Leopoldino Canuto de Melo, s/n, em Caixa D’Água.

O público terá à disposição consulta médica, atendimento de enfermagem, pré-natal, puericultura, curativo e vacina. Entre outros serviços, o prédio recebeu intervenções no piso, na estrutura hidráulica e na rede elétrica.

Professor Lupércio aproveitou o momento e enalteceu o trabalho dos servidores da unidade. “Eu quero agradecer a todos os funcionários pelo empenho e dedicação, e dizer que vamos cuidar mais ainda da saúde dos olindenses, principalmente recepcionando os pacientes com humanização, tarefa que vocês fazem muito bem”, disse.

Secretário de Saúde da cidade, Eud Johnson Cordeiro, fez questão de destacar o compromisso com a reformulação da estrutura dos postos de atendimento médico. “Essa é a quarta unidade que entregamos requalificada em pouco tempo de gestão. Fui chamado pelo Professor Lupércio para a missão de melhorar a saúde de Olinda e vamos fazer muito mais”, garantiu. A atual gestão já revitalizou os postos de Águas Compridas, Varadouro e Ilha do Maruim.

A gerente da unidade e a agente comunitária de saúde, Patrícia e Wedja Sueli, respectivamente, falaram em nome da equipe. “Nunca um prefeito esteve aqui para ouvir nossos anseios. E o Professor Lupércio, com sua sensibilidade de gestor, aceitou o nosso convite de visitar a unidade. Ele escutou nossas necessidades e em 15 dias estava iniciando o serviço de requalificação da nossa unidade”, elogiaram.

Este slideshow necessita de JavaScript.