Saúde

Publicado em 27/07/17 às 12:17 | Atualizado em 27/07/17 às 12:17

Saúde de Olinda capacita profissionais sobre raiva humana e animal

Meta do Centro de Vigilância Ambiental de Olinda é qualificar cada vez mais a equipe

Por Pedro Morais

Vacinação animal em Olinda atingiu a meta do Ministério da Saúde. Foto: Pedro Morais/SSO.

Profissionais de saúde e áreas afins lotados na Prefeitura de Olinda participam nesta sexta-feira (28.07), às 8h30, do início de um ciclo de orientações da Diretoria de Vigilância em Saúde chamado de “Vigilância em Saúde Olinda: Fique por Dentro”. Em pauta, a capacitação sobre raiva animal e humana. O treinamento será no auditório da Policlínica João de Barros Barreto, Avenida Justino Gonçalves, s/n – Carmo – Olinda.

No conteúdo da capacitação, o gerente do Centro de Vigilância Ambiental de Olinda (Cevao), Henrique Eduardo Silva, programou temas como raiva animal: Perfil epidemiológico, sinais e sintomas e medidas de controle, e raiva humana: manejo clínico, conduta clínica e esquema vacinal de pré e pós exposição.

A raiva é uma zoonose (doença que pode ser transmitida dos animais para o homem) causada por vírus, com alta taxa de mortalidade de quase 100%, quase erradicada, atualmente.

Os principais transmissores são os animais silvestres, como morcegos, gambás e macacos, que infectam cachorros, gatos e humanos. O contágio ocorre por meio da troca de secreções, contato sanguíneo ou mordida.