Destaque

Publicado em 21/06/17 às 21:29 | Atualizado em 21/06/17 às 22:09

Unidade Saúde da Família é requalificada em Águas Compridas

Além de reforma na estrutura, unidade terá reforço na equipe médica

Por pedropaulo

“Venho aqui há muitos e muitos anos e nunca vi a clínica tão bonita como hoje”. Foi desta forma que a aposentada Marlene Pereira, de 79 anos, comemorou a requalificação da unidade Saúde da Família de Águas Compridas I e II, nesta quarta-feira (21), no bairro de mesmo nome. A reforma trouxe nova pintura, estrutura elétrica, hidráulica, piso novo, acessibilidade e outro ambiente de dispensação de medicamentos. Além disso, o local terá reforço na equipe médica. Todas as novidades estão de acordo com os protocolos recomendados pelo Ministério da Saúde.

As duas equipes existentes, que atendem na Atenção Básica cerca de oito mil pessoas cadastradas, são formadas por médico generalista, enfermeira, técnico de enfermagem, administrativo, serviços gerais e Agentes de Comunitários de Saúde, além do reforço da equipe do Núcleo de Apoio à Saúde (NASF), com psicóloga, assistente social e nutricionista.

“Saúde foi uma das maiores promessas da nossa campanha. Essa unidade foi a primeira de muitas que serão entregues nos próximos meses. Gostaria apenas de pedir uma coisa para todos desta unidade: faça o seu melhor sempre. Que cada profissional atenda da forma que gostaria de ser atendido. Se cada um fizer seu máximo, todos ganham”, destacou o prefeito Professor Lupércio.

Para o secretário de Saúde de Olinda, Eud Johnson, as reformas vão trazer mais facilidade aos moradores da região. Outro ponto destacado foi a questão de acessibilidade, com toda estrutura preparada para receber cadeirantes.

“A requalificação traz mais saúde para a população, tanto do ponto de vista de qualidade, como de recursos humanos. Essa mudança estrutural permitiu que fizéssemos acessos para portadores de deficiência, desde sua entrada até os consultórios, que são adequados para receber cadeira de rodas. Temos a rampa na entrada, há barra de segurança, as portas são mais largas”, apontou Eud.

A cerimônia de requalificação contou com a presença de muitos moradores da comunidade e profissionais de saúde. Antes mesmo do discurso do prefeito, a agente comunitária Maria da Conceição Gomes fez questão de pedir a palavra.

“O posto era maltratado, abandonado. Trabalho nesta unidade há 25 anos e jamais tivemos essa estrutura. A população pede uma saúde melhor e daremos o nosso máximo para isso. Todos nós agradecemos”.