Saúde

Publicado em 20/02/17 às 12:39 | Atualizado em 20/02/17 às 12:39

Vigilância Sanitária de Olinda faz interdição e apreensões de alimentos no desfile das Virgens

Trios elétricos também foram inspecionados

Por Pedro Morais

Veículo que transportava gelo foi interditado pela Vigilância Sanitária. Foto: Secretaria de Saúde de Olinda.

A interdição de um caminhão com a venda de gelo sem procedência, a inutilização de carne moída sem acondicionamento adequado e a apreensão de bebidas (axé e batida) sem registro. Esse foi o saldo da operação realizada pelos fiscais da Vigilância Sanitária da Secretaria de Olinda, neste domingo (19.02), durante o desfile das Virgens do Bairro. Cerca de 800 ambulantes passaram pela abordagem.

Saúde do Trabalhador fiscalizou condições dos trios elétricos. Foto: Secretaria de Saúde de Olinda.

Equipes da Saúde do Trabalhador, da Secretaria Executiva de Controle Urbano e do Corpo de Bombeiros Militar também atuaram na fiscalização do evento. O grupo observou a utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e as condições de trabalho para os profissionais que atuam diretamente nos trios elétricos. Na abordagem, o pessoal envolvido na inspeção observou o uso de protetores auriculares, luvas, calçados, entre outros, além dos camarins e banheiros. Nenhum trio foi interditado.

O diretor da Vigilância em Saúde, o sanitarista João Bosco, avisa que o trabalho vai ser intensificado. “Estaremos com as equipes intensificando as fiscalizações, tanto no comércio formal como informal durante o Carnaval”, alertou o gestor.

MAIS FISCALIZAÇÃO – Na noite de sábado foram inspecionados 17 locais do comércio formal, nenhum caso de apreensão ou inutilização de alimentos e bebidas foi realizado pelas equipes. O evento Olinda Beer, que ocorreu no domingo (19), também foi alvo da operação. Não foi constatada irregularidade. A gerente da Vigilância Sanitária de Olinda, Daniela Monteiro, sinalizou que montou uma programação para essa semana. “Até quinta-feira, a partir das 19h, estaremos com as equipes pelos focos de Carnaval vistoriando o comércio”, garantiu.

print