Destaque

Publicado em 30/06/17 às 15:20 | Atualizado em 30/06/17 às 16:00

Vila Olímpica de Rio Doce promove ação mensal para integrar pessoas com epilepsia

Práticas inclusivas serão destaques em toda primeira segunda-feira de cada mês

Por pedropaulo

Reiki, ioga, musicoterapia, atendimento psicológico, aromaterapia, mandalas das emoções, orientações nutricionais e outros tratamentos serão trabalhados durante as próximas primeiras segundas-feiras de cada mês para pessoas com epilepsia. Os eventos serão sempre na Vila Olímpica de Rio Doce, em Olinda, e são destinados às crianças com a doença e famílias que apresentam casos em casa. O início da ação será nesta segunda-feira (03.07), a partir das 9h30.

Na ocasião, ocorre o cadastramento das famílias que desejam participar do grupo e apresentação da equipe de voluntários que realizará as terapias. No final da manhã, os participantes terão uma dinâmica de grupo para que todos “soltem as emoções”, como definiu a secretária executiva de Saúde de Olinda, Zelma Pessoa.

“Vamos trabalhar o lado emocional e discutir o preconceito com pessoas que apresentam epilepsia. Durante a ação ao longo do ano, iremos trabalhar o equilíbrio emocional dos participantes, centrar as pessoas, tranquilizar, integrar as crianças e seus familiares. Realizaremos orientações para que todos saibam lidar com o preconceito”, destacou.

As práticas integrativas são coordenadas pela Secretaria de Saúde de Olinda, com apoio da Secretaria de Esportes e Movimento de Apoio às Pessoas com Epilepsia (MAPE-PE).