Transporte

Publicado em 19/04/16 às 16:35 | Atualizado em 03/05/16 às 18:54

Moradores de Rio Doce se reúnem para discutir Plano de Mobilidade

A reunião acontece às 19h da próxima quarta (20) na Escola Monte Castelo, com o objetivo de colher ideias e sugestões para o Plano de Mobilidade de Olinda (PLAMOB). Outros encontros acontecerão nas demais localidades de Olinda

Por Ana Cláudia Ribeiro

Elaboração do Plano de Mobilidade de Olinda (PLAMOB)

Dando continuidade à programação para elaboração do Plano de Mobilidade de Olinda (PLAMOB), estão sendo promovidas várias reuniões nas comunidades que abrangem todos os bairros de Olinda. Às 19h da próxima quarta-feira (20), o debate acontece na Escola Municipal Monte Castelo, em Rio Doce, a fim de discutir os principais temas de mobilidade. Na ocasião, serão colhidas ideias e sugestões que complementarão os resultados já obtidos no Fórum Consultivo (que definiu o alinhamento estratégico do Plano) realizado no último dia 18 de março.

O diálogo com a população é fundamental para chegar a um diagnóstico dos problemas e possíveis soluções para a mobilidade em Olinda. Por isso, a Prefeitura e as demais instituições envolvidas na elaboração do PLAMOB querem ouvir os moradores, com foco na construção de um plano democrático, coordenado e sustentável. Nesta quarta-feira, a reunião contará com a presença de técnicos da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito, do WRI Brasil Cidades Sustentáveis (organização internacional que está cooperando com a Prefeitura) e da Tectran, empresa contratada para elaborar o Plano. Ao todo, serão realizados 13 eventos deste tipo em diversas localidades da cidade.

Nestas reuniões as comunidades poderão expressar suas ideias e discutir sobre os diversos temas abordados no Plano, como:

  • os serviços de transporte público coletivo;
  • os serviços dos transportes não motorizados (modos a pé e bicicleta);
  • os serviços do transporte público individual (táxi e transporte escolar);
  • as infraestruturas do sistema de mobilidade urbana (sistema viário, terminais, estações etc);
  • a acessibilidade para pessoas com deficiência e restrição de mobilidade;
  • a integração dos modos de transporte público e, destes com os privados e os não motorizados;
  • a operação e o disciplinamento do transporte de carga urbana na infraestrutura viária;
  • os espaços públicos;
  • as áreas de estacionamentos públicos e privados, gratuitos ou onerosos;
  • as áreas e horários de acesso e circulação restrita ou controlada;

Tags desta notícia: , , , ,