Destaque

Publicado em 07/06/17 às 17:35 | Atualizado em 07/06/17 às 17:43

Prefeitura de Olinda inicia operação de combate ao transporte escolar clandestino

Excesso de passageiros por carro e transporte de crianças sem cadeirinha são duas das infrações notificadas

Por Secretaria de Comunicação de Olinda

Por Marília Banholzer

Foto: Weverton Mello/ Prefeitura de Olinda

O transporte escolar clandestino é o principal alvo de uma operação de fiscalização intensiva iniciada nesta quarta-feira (07.06) pela Secretaria de Transportes e Trânsito de Olinda. Outras irregularidades que atrapalham o embarque e desembarque de alunos nas portas das escolas e dificultam o tráfego de veículos nessas regiões também serão combatidas. A iniciativa atende a uma solicitação antiga dos quase 200 permissionários regularizados e cadastrados junto à Prefeitura.

Neste primeiro dia de atividades, agentes realizaram blitze em frente à Escola Nossa Senhora da Conceição, no bairro de Ouro Preto, e ao Colégio Imaculado Coração de Maria, em Bairro Novo. Ao todo, pelo menos oito carros e duas motos foram notificados por cometerem irregularidades como: excesso de passageiros por carro, transporte de crianças sem cadeirinha ou cinto de segurança, crianças menores de dez anos no banco da frente, pessoas sem capacete em motos, estacionamento em local reservado para embarque e desembarque, entre outras.

A permissionária Laurenice Silva, que há 14 anos trabalha com transporte escolar em Olinda, acredita que a ação deve garantir mais organização ao segmento. “Essa é uma luta antiga da categoria. Nesta gestão, graças a Deus, estamos sendo ouvidos. Na minha opinião é muito difícil flagrar e combater o transporte clandestino, mas aos pouco eles podem ir cercando esses condutores irregulares até que todos se regularizem”, pontuou a motorista.

De acordo com o secretário executivo de Transportes e Trânsito de Olinda, Jonas Ribeiro, garantir a segurança das crianças transportadas e oferecer um trânsito mais organizado nas proximidades das escolas é o principal objetivo do reforço da fiscalização. “O principal problema do transporte clandestino são os carros de passeio que fazem esse tipo de serviço irregular. Mas estamos acompanhando esses motoristas, principalmente, porque já recebemos muitas denúncias, inclusive com fotos. Estamos atentos e queremos coibir esse tipo de ação”, ressaltou o secretário.

Para se regularizar como permissionário do Transporte Escolar em Olinda é necessário ser autônomo, possuir carteira de habilitação categoria D, fazer o curso de condutor escolar e se dirigir à Secretaria de Transportes e Trânsito do município, localizada na Estrada do Bonsucesso, nº 306, bairro do Bonsucesso. No local o interessado será orientado sobre os documentos que devem ser apresentados e quais trâmites a serem seguidos para a regularização. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30.