Notícias

2ª Mostra Artístico Cultural faz sucesso na Praça do Carmo

Foram 60 escolas participantes totalizando 1500 estudantes em um evento grandioso que envolveu trabalhos artesanais, de culinária e cultura

Publicado por: adminolinda, em: 19/09/14 às 10:52
Uma tenda de circo foi montada na Praça do Carmo, onde foram realizadas as apresentações culturais. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

Uma tenda de circo foi montada na Praça do Carmo, onde foram realizadas as apresentações culturais. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

Mil e quinhentos estudantes de sessenta escolas da rede municipal participaram, durante todo o dia da última quarta-feira (17), da II Mostra Artístico Cultural (MAC), realizada na Praça do Carmo, Olinda. O evento contou com a presença da secretária de Educação, Márcia Souto, a secretária executiva de programas e projetos, Edineide César, gestores e professores. Trabalhos artísticos, artesanais e de culinária produzidos por alunos participantes do Programa de Educação Integral, através do Mais Educação e Escola Aberta, foram apresentados.

Uma tenda de circo foi montada, na praça, onde foram realizadas as apresentações culturais. A Banda Sinfônica do Centro de Educação Musical de Olinda (CEMO) fez a abertura do evento com um repertório de músicas regionais. Na ocasião, gestores e coordenadores dos projetos de todas as escolas participantes foram homenageados com o recebimento de um troféu. “A Mostra é fruto de um trabalho belíssimo realizado nas escolas onde a cultura fala mais alto. Então, é um momento em que as crianças podem conhecer e se familiarizar com diversas artes”, diz a secretária.

Crianças fantasiadas de personagens folclóricos e de passistas de frevo estavam entusiasmadas nas lindas apresentações que por lá passaram. Houve dança popular, dança africana, hip hop, dança contemporânea, ballet, dança da boneca, de mamulengos, ciranda, coco e pastoril. A diretora de programas e projetos, Josiane Sandes, faz uma avaliação positiva do evento. “A Mostra Artístico Cultural é um momento onde se é possível fazer várias vivências culturais. Todas as escolas se empenharam bastante e pudemos desfrutar do resultado deste trabalho”, diz ela.

A Prefeitura, também, montou barracas para exposição de trabalhos artesanais, literários e de culinária. A escola do Bem-estar, por exemplo, expôs diademas, pulseiras, canetas, todas revestidas de material artesanal como tecido. Um dos trabalhos foi apresentado pela aluna Emanueli Stefani Costa da Silva, de 10 anos, que está cursando o 4º ano. “Essa festa está muito boa, eu adoro aprender coisas novas, na escola, diz ela. A escola Dom João Crisóstomo trouxe amostras de cultivo de sementes e ervas diversas como feijão, manjericão e erva cidreira. A ação faz parte do Projeto Alimentação, organizado pela professora Christiane Galindo com crianças de 5 e 6 anos.

A professora Fátima Carlos, da escola Sara Kubitschek, trabalhou a construção do cordel “Programa Mais-Educação” com as crianças do 4º e do 5º ano. A intenção foi construir um poema a partir do que eles compreendem sobre o programa. “É gratificante fazer este trabalho, ouvir as ideias deles e perceber que eles têm consciência sobre a importância deles, no projeto. Eles estão muito empolgados”, diz a professora.

Havia, ainda, barraca com arranjos de flores artificiais, a barraca das pinturas em tela da escola Alto da Macaíba, barraca com almofadas artesanais e a barraca do menino Thalisson Nascimento Silva, de 10 anos, aluno da escola Azeredo Coutinho. Ao inspirar-se nas paisagens e no carnaval de Olinda, ele produziu, talentosamente, desenhos maravilhosos. “Me sinto bem quando desenho, estou gostando da festa”, diz ele. A escola Coronel José Domingos, também, abrilhantou a Mostra, com a apresentação de sua rádio escolar.

%d blogueiros gostam disto: