Notícias

Ação faz de Olinda pioneira no combate a presença de morcegos

A iniciativa, desenvolvida pelo Centro de Vigilância Ambiental de Olinda, promove a captura do animal e realiza ações educativas nas comunidades

Publicado por: adminolinda, em: 09/10/09 às 12:48
Controle de morcegos pelo Centro de Vigilância Ambiental de Olinda (CEVAO)

Morcego capturado pelo Centro de Vigilância Animal de Olinda (CEVAO) - Foto: Chico Atanásio/Pref.Olinda

O Centro de Vigilância Ambiental de Olinda, CEVAO, vem desenvolvendo, desde outubro de 2006, ações com o intuito de minimizar os problemas decorrentes da presença de morcegos no município. Uma equipe composta por veterinários, biólogos e técnicos realiza um trabalho de orientação e educação ambiental, além de sessões de capturas noturnas.

“O objetivo da ação é, além de promover o controle da raiva animal, identificar as espécies mais freqüentes na área urbana de Olinda”, explica a veterinária e gerente da divisão de zoonoses do CEVAO, Elizabeth Hortêncio. Segundo a médica, o programa possibilita o levantamento e a localização dos locais em que foram identificados casos de agressões a animais domésticos provocadas por morcegos. “Levando em consideração as áreas de maior ocorrência desses ataques, foram realizadas sessões de capturas com rede específica. Assim os animais são classificados de acordo com a espécie, sexo, fase reprodutiva e hábitos alimentares”, conclui.

Nos últimos anos os índices de contaminação pelo vírus da raiva canina e felina diminuíram consideravelmente. O último caso registrado em Olinda foi em 2005. Isso é justificado com base na intensificação das campanhas de vacinação em todo o município. A preocupação, no entanto, passou a ser com a presença de morcegos que, atualmente, são os maiores transmissores da doença. Desde a implantação do Programa de Vigilância em Quirópteros (morcegos), até setembro deste ano, foram registradas 12 espécies do animal no município. Foram capturadas 262 amostras, sendo predominante a espécie de hábitos frugívoros (alimentam-se de frutos) e 07 hematófagos (alimentam-se de sangue).

As amostras capturadas são encaminhadas ao laboratório de referência para pesquisa do vírus rábico. Até agora, uma delas foi positiva e, por esse motivo, logo foi providenciado um monitoramento e bloqueio vacinal em cães e gatos da área em que o animal foi encontrado.

É importante que a população se mantenha atenta e comunique ao CEVAO a presença dos abrigos de morcegos ou mesmo possíveis ataques a animais domésticos. O telefone do centro é o 3301 5228. Outra maneira de evitar a raiva é vacinar cães e gatos. A próxima campanha acontece no dia 17 de outubro, no horário das 8h às 17h, nos principais pontos espalhados pela cidade.

Veja mais imagens no álbum de fotos da secretaria de Saúde no site Flickr

Controle de morcegos pelo Centro de Vigilância Animal de Olinda (CEVAO) Controle de morcegos pelo Centro de Vigilância Animal de Olinda (CEVAO) Controle de morcegos pelo Centro de Vigilância Animal de Olinda (CEVAO)

%d blogueiros gostam disto: