Notícias

Agentes comunitários de saúde participam de oficina

Tema abordado incluiu amamentação e doenças como sífilis e câncer do colo do útero

Publicado por: Secom, em: 17/05/19 às 12:22

Com o tema “O ACS fazendo a diferença na saúde pública” foi realizado nesta quarta e na quinta-feira (15 e 16.5), das 8h às 16h, uma oficina destinada aos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) de Olinda. A atividade capacitou os profissionais com informações à população baseadas em evidências científicas. O treinamento aconteceu na Uninassau do Shopping Patteo, em Bairro Novo, Olinda.

O presidente da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde de Olinda, Neilton Santos, destacou a importância da oficina. “Agradeço a gestão pelo reconhecimento e a ideia de implementar essa oficina, que é de fundamental importância para nós agentes”, pontuou.

A oficina oferecida aos ACSs intitulada O ACS fazendo a diferença na Saúde Pública, foi uma experiência transformadora para capacitados e capacitadores. Sabendo da importância do papel dos ACSs perante a comunidade e como eles são fundamentais para a consciência e mobilização dos cidadãos para se tornarem protagonistas do seu cuidado e criarem vínculos com as unidades de saúde, a gestão pensou com muito carinho em cada detalhe desta capacitação, pois só se constrói uma saúde melhor com a participação de todos. As experiências pessoais vividas pelo ACS na ponta, nos trazem um olhar que reflete a mais pura realidade, nos trazendo subsídios para pensar em varias estratégias de melhoria da assistência, onde muitas partiram deles próprios. Ganhamos todos ao final deste projeto e ficamos com a certeza de que lanternas foram acesas e que iluminarão muitos outros cidadãos, elevando e qualificando a Saúde de Olinda”, enfatizou a coordenadora da Saúde da Mulher de Olinda, Cleonúsia Vasconcelos.

As conversas em grupos foram coordenadas por facilitadores, profissionais da Secretaria de Saúde como a diretora de Políticas Estratégicas, Rita Ribonesa; a gerente de Integração Ensino e Serviço, Rozângela Chaves; a coordenadora  de Saúde da Mulher, Cleonúsia Vasconcelos;  a coordenadora de Saúde Mental, Flávia Roberta; a enfermeira da ESF de Alto da Bondade I, Alessandra Acioli; a nutricionista Katharina Arruda, enfermeiras da ESF Jardim Brasil II, além da apoiadora do Ministério da Saúde, Adriana Silva.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: