Notícias

Alunos de escola municipal de Olinda encerram a semana de comemoração ao Dia do Índio 

Em sete dias, estudantes identificaram os múltiplos aspectos do cotidiano dos povos indígenas

Publicado por: Redação da Secom, em: 19/04/21 às 17:11

Por: Pattricia Viviane 

Através do Projeto Aldeia Somos Nós, alunos da Escola Municipal Isaac Pereira, em Jardim Atlântico, Olinda, realizaram nesta segunda-feira (19.04), o encerramento das atividades culturais e artísticas para marcar o Dia do Índio. As ações, coordenadas pelas professoras Maria do Carmo Oliveira e Ana Paula Gomes,  foram iniciadas na semana passada e envolveram os estudantes do ensino infantil e fundamental I, professores, pais e a comunidade.  

O evento contou com a interação, de forma online, da índia, Ceicyly, da tribo Fulni-ô. Ela divulgou histórias e costumes da comunidade indígena e ganhou o reforço da professora, Ana Paula Gomes, que também é índia da tribo Xucuru. Ao longo dos sete dias, alunos da unidade escolar identificaram os múltiplos aspectos do cotidiano dos povos indígenas, como os hábitos, crenças, vocabulário, convívio social e a alimentação. 

Os estudantes participaram ainda de apresentações culturais com danças típicas, exposição de artesanato, palestras sobre conhecimentos nativos de plantas e ervas medicinais. Também puderam vivenciar os jogos praticados nas tribos, como corrida da tora e arco e flecha. O preparo de tintas com elementos da natureza para realizar pinturas corporais e construções de brinquedos fizeram parte das atividades pedagógicas. 

A oportunidade do acesso à cultura indígena encantou o estudante, Rhayson dos Santos, de 6 anos. “Gostei das danças, das brincadeiras e de ter sido pintado igual ao índio”, comentou o garoto. “Com essas vivências, as crianças perceberam que os povos indígenas resistem até hoje, sendo exemplo de respeito à natureza. Afinal, como diz o próprio tema deste evento, A AldeiaSomos Nós”, finalizou a professora Ana Paula Gomes. As atividades foram encerradas nesta segunda-feira e aconteceram de forma on-line por meio de grupos no Whatsapp. 

ENTENDA – No Brasil, existem cerca de 305 povos indígenas. Doze deles estão em Pernambuco. A educação escolar indígena foi criada pelo Governo do Estado em 2002, baseado na Lei 11.645/2008, que torna obrigatório o ensino da história e cultura africana e indígena nas escolas. Hoje, o Estado possui 142 escolas indígenas e contempla 13.262 estudantes e 1.498 professores indígenas. Atualmente, Pernambuco é o único Estado brasileiro a ofertar esta modalidade de ensino, desde a educação escolar infantil à adulta. A matriz curricular dessas unidades de ensino é a mesma das escolas não indígenas. A única diferença é que nas escolas indígenas crianças, adolescentes e adultos lidam com metodologias de ensino diferentes. 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

%d blogueiros gostam disto: