Notícias

Ambulantes são realocados e obstáculos retirados das calçadas na Feira de Caixa D’água

A medida integra ações de reordenamento do comércio informal e dos passeios públicos no bairro de Caixa D'água

Publicado por: adminolinda, em: 17/06/13 às 12:33
A ação visa deixar os espaços limpos, as calçadas livres para a circulação de pedestres, e as vias livres para tráfego de veículos. Foto: Toni Santanna/Pref.Olinda

A ação visa deixar os espaços limpos, as calçadas livres para a circulação de pedestres, e as vias livres para tráfego de veículos. Foto: Toni Santanna/Pref.Olinda

A secretaria de Controle Urbano em parceria com as secretarias de Serviços Públicos e Segurança Pública, estará durante todo o dia de hoje (16) retirando os obstáculos das calçadas, entre a Av. Leopoldino Canuto de Melo e a Estrada do Caenga, no limite entre as cidades de Olinda e Recife. A ação, que iniciou no último sábado com a retirada dos ambulantes da rua e realocação para o antigo Mercado de Caixa D’água, contou com um efetivo de 30 homens de Controle Urbano, 35 de serviços Públicos, 50 da Guarda Municipal e 40 da Polícia Militar.

De acordo com secretário de Controle Urbano, Estevão Brito, a ação visa deixar os espaços limpos, as calçadas livres para a circulação de pedestres, e as vias livres para tráfego de veículos. “Estamos atendendo ao pedido da população. Vamos devolver as calçadas, melhorar o trânsito e dá continuidade ao plano municipal de requalificação de feiras, mercados e espaços públicos da cidade”, reforça. Ainda segundo Estevão, o local será regularmente monitorado para evitar o retorno do comércio irregular.

Dentro do plano de requalificação está em andamento a construção de um novo Mercado Público para o local. Entre as melhorias previstas estão a infra-estrutura adequada de comercialização, reforço do potencial comercial da área e a promoção da qualidade ambiental, visual e viária do local. O espaço vai contar com boxes e bancas, área apropriada para carga e descarga de mercadorias, além de áreas de circulação e convivência.

Depoimentos

“Isso aqui era uma imundície. Você sente o mau cheiro. Eu sou pobre, mas sou limpa. Quanto mais higiene melhor. O prefeito merece mil parabéns. Que ele não deixe a situação voltar”, Maria José Farias, nasceu em Fortaleza e mora em Caixa D’água há 32 anos. Foto: Toni Santanna/Pref.Olinda

“Isso aqui era uma imundície. Você sente o mau cheiro. Eu sou pobre, mas sou limpa. Quanto mais higiene melhor. O prefeito merece mil parabéns. Que ele não deixe a situação voltar”, Maria José Farias, nasceu em Fortaleza e mora em Caixa D’água há 32 anos. Foto: Toni Santanna/Pref.Olinda

  • “Estamos todos os dias passando e comprando aqui. Agora vamos perder o medo de ser atropelados. Temos dificuldade de locomoção por conta da idade. Foi bom porque tirou a sujeira e deixou a calçada para os idosos andarem tranquilamente”, Maria de Lourdes, 73 anos, mora em Beberibe há 60 anos.
  • Parabéns pela operação. Só vai trazer benefício à população, que estava arriscando a vida competindo com os veículos. Os veículos também não tinham espaço para passar. Gestantes, idosos e deficientes com dificuldade de locomoção se arriscavam muito. Espero que continue com fiscalização para que tenham êxito, Marly Azevedo, moradora na Estrada do Caenga há 50 anos.
  • “Essa atitude já deveria ter sido tomada. Vai evitar acidentes e nos devolver o direito de usar as calçadas”, Socorro Nélida, moradora do bairro de Caixa D’água há 42 anos.
%d blogueiros gostam disto: