Notícias

Assinada ordem de serviço para restauração da Igreja do Carmo

Obras visam retomar as atividades de culto religioso, receptivos e casamentos e adaptar o espaço para moradia de religiosos

Publicado por: adminolinda, em: 03/09/10 às 0:45
Igreja do Carmo

Obras terão o custo de R$ 1,59 milhões. Previsão de conclusão é de 12 meses. Foto: Passarinho/Pref.Olinda

As igrejas são um dos maiores tesouros do município de Olinda. Entendendo esse valor, a Prefeitura e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) assinaram ontem (01) uma ordem de serviço para a restauração da Igreja de Santo Antônio do Antigo Convento do Carmo de Olinda no valor de R$ 1,59 milhões e com prazo de execução previsto para 12 meses. As obras visam retomar as atividades de culto religioso e adaptar a ala lateral superior para a moradia de religiosos da ordem Carmelitana Pernambucana, além de dotar as áreas contíguas à Igreja (onde existiu a Ordem Terceira do Carmo e o Convento do Carmo) para receptivo de casamentos.

O processo de restauração da igreja é resultado de um trabalho de articulação de pesquisas e ações no campo da História, da Arqueologia, da Arquitetura e da Engenharia. As obras de restauração em execução reúnem esforços conjuntos do IPHAN, do Programa Monumenta/BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), da Prefeitura Municipal de Olinda, do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e da Fundação Gilberto Freire.

As obras da Igreja do Carmo começaram em 1996, com a estabilização do monumento, por meio do projeto de estaqueamento da colina e de construção de poços e drenos, realizados, na época, pela UFPE. A partir de então, outros projetos foram implementados com intervenções destinadas a manter e transmitir integralmente a edificação para as futuras gerações. Entre 2006 e 2007 a Prefeitura de Olinda, através do Programa Monumenta/BID, realizou a recuperação da coberta da Igreja, executou toda a pesquisa arqueológica, entre outros serviços. Foi realizado o Projeto de Reintegração Estrutural da Igreja, iniciado e concluído em 2008; as restaurações do Altar-Mor e do Altar do Santíssimo, iniciadas em 2007 e concluídas em 2008, assim como os trabalhos de conservação e restauro de parte da cantaria interna da igreja, iniciados em 2008 e concluídos em janeiro de 2009.

%d blogueiros gostam disto: