Notícias

Aterro de Aguazinha ganha novas funções

O espaço é utilizado para a realização de serviços de compostagem e servirá como ponto de apoio para a coleta de lixo

Publicado por: adminolinda, em: 03/08/11 às 18:44
Aterro Sanitário de Aguazinha. Foto: Passarinho/Pref.Olinda

Foto: Passarinho/Pref.Olinda

Em no máximo dois meses, o Aterro de Aguazinha passará a ter uma nova função. Será implantada no local uma Instalação de Transbordo do Lixo. Na prática, o lixo coletado na cidade será encaminhado para o aterro onde será transferido para carretas, que levarão os detritos para o Centro de Tratamento de Resíduos de Igarassu (CTR), empresa privada que, atualmente, é responsável pelo tratamento do lixo coletado em Olinda.

Com a iniciativa, a PMO trará mais agilidade para o sistema de coleta, evitando que todos os caminhões tenham que ir ao Centro de Tratamento de Resíduos de Igarassu para realizar o descarte do lixo. A ação porá fim aos problemas pontuais que tem a cidade tem enfrentado no sistema de coleta, por causa da distância do atual Centro de Tratamento.

Aterro de Aguazinha – mesmo não funcionando mais como local para tratamento do lixo da cidade, o Aterro de Aguazinha ainda é utilizado em algumas iniciativas da Prefeitura de Olinda. Desde o mês de junho, o local tem sido usado para a realização do trabalho de compostagem.

A Prefeitura de Olinda passou a reaproveitar o material produzido durante as podas e erradicações de árvores realizadas pela Secretaria de Serviços Públicos. O trabalho é realizado em parceria com a Associação dos Recicladores de Olinda (ARO). “Os recicladores da ARO separam os galhos maiores para o uso como lenha e o restante material é colocado no triturador para a fabricação do composto orgânico”, explica o diretor de Limpeza Urbana, Vassil Vieira. “O material produzido na compostagem é utilizado como adubo nas praças e jardins da cidade”, completa.

Diariamente, entre 4 e 8 toneladas de vegetação são processadas. O número inclui o material de poda doméstica realizada pelos próprios moradores. “Com esse trabalho, conseguimos dar um destino mais nobre aos restos de vegetação resultantes das podas e erradicações realizadas na cidade”, destaca Vassil Vieira.

Poda – A Secretaria de Serviços Públicos de Olinda possui um número de telefone pelo qual a população pode solicitar a poda e corte de árvores. Os interessados devem ligar para o 3439.2522 e informar o endereço. Uma equipe da secretaria visitará o local para avaliar a necessidade de realização do serviço. A partir daí, o atendimento será agendado de acordo com o grau de risco que árvore oferece para os moradores.

A Prefeitura de Olinda lembra ainda que a erradicação de árvores em vias públicas sem a autorização prévia é crime e pode ser denunciada pelo número 3439.5535. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h30.

%d blogueiros gostam disto: