Notícias

Balanço do Carnaval 2015 é divulgado pela Prefeitura de Olinda

De acordo com levantamento do governo municipal, foram injetados mais de R$ 180 milhões na economia da cidade

Publicado por: Secretaria de Comunicação, em: 20/02/15 às 15:33
Neste ano, os festejos de Momo na cidade Patrimônio Cultural da Humanidade renderam homenagem a Ariano Suassuna e com o tema “Olinda Vestida de Sol” recebeu 2,8 milhões de foliões. Foto: Jan Ribeiro/Pref.Olinda

Neste ano, os festejos de Momo na cidade Patrimônio Cultural da Humanidade renderam homenagem a Ariano Suassuna e com o tema “Olinda Vestida de Sol” recebeu 2,8 milhões de foliões. Foto: Jan Ribeiro/Pref.Olinda

A Prefeitura de Olinda divulgou na última quarta-feira (18) o balanço do Carnaval 2015. Neste ano, os festejos de Momo na cidade Patrimônio Cultural da Humanidade renderam homenagem a Ariano Suassuna e com o tema “Olinda Vestida de Sol” recebeu 2,8 milhões de foliões. De acordo com levantamento da Prefeitura de Olinda, foram injetados mais de R$ 180 milhões na economia do nosso município.

A ocupação hoteleira foi de 98% nos hotéis e pousadas durante o período carnavalesco. Nenhum óbito foi registrado. Durante todos os dias de Carnaval, não houve dano ao patrimônio público da cidade.

Foram mais de 500 atrações por toda a cidade, e 110 shows nos nove polos, por onde passaram artistas de peso como Alceu Valença, Nonô e Claudionor Germano, Naná Vasconcelos, Bonsucesso Samba Clube, Quinteto Violado, Spok Frevo Orquestra e Fafá de Belém. Provando que a festa não é só para adultos, o Polo Infantil, na Praça do Carmo, registrou mais de 15 mil foliões mirins. A contagem foi feita com base na quantidade de pulseiras de identificação distribuídas durante os dias de Momo. As crianças se divertiram em oficinas gratuitas de dança popular, de artes e percussão.

Entre as programações imperdíveis deste Carnaval esteve o desfile com cem bonecos gigantes organizado por Silvio Botelho, que homenageou o Maestro Spok. O músico ganhou um boneco gigante com sua fisionomia e presenteou a multidão com uma apresentação com seu sax. Impossível citar todas as orquestras itinerantes, Pitombeiras, Elefante, Eu Acho é Pouco, Marim dos Caetés, Ceroula, Homem da Meia Noite, Patusco, D’Breck, Enquanto Isso na Sala da Justiça e tantos outros que têm um público fiel e já esperam pelos primeiros acordes do Carnaval de 2016.

O Carnaval de Olinda tem um brilho próprio todo especial. É feito pelo povo para o povo. Fantasias criativas e coloridas embelezam as ruas estreitas e ladeiras. Tem espaço para os carnavais antigos na Terça Lírica, que foi um sucesso na semana pré-carnavalesca, assim como para a simbiose entre o profano e o sacro na Noite para os Tambores Silenciosos também realizada na semana pré, com a participação de dez nações de maracatu e uma homenagem ao saudoso Pai Edu, do Palácio de Iemanjá.

Entre os dados de destaque:

  • Nenhum óbito foi registrado pelas unidades de pronto atendimento da cidade.
  • Nenhum dano foi registrado contra o patrimônio histórico de Olinda.
  • 2,8 milhões de foliões.
  • 500 agremiações nas ruas.
  • 110 atrações de palco nos 09 polos da cidade.
  • 1.600 documentos estão de posse da Guarda Municipal.
  • 71 detenções por urinar na rua
  • 3.757 atendimentos de saúde.
  • 450 mil preservativos distribuídos
  • A faixa etária que predomina no Carnaval é entre 26 a 35 anos.
  • 250 toneladas de lixo recolhidas e a coleta seletiva recolheu 26 toneladas de material reciclável.
  • 400 mil litros de água utilizados para a limpeza da cidade.
  • 23 km de gambiarra e 78 refletores foram utilizados na iluminação.
  • 353 pessoas foram atendidas no camarote da acessibilidade na praça do Carmo.
  • 27 acidentes, nenhum com vítima fatal.
  • Foram lavradas 70 multas, em sua maioria por transitar na contramão e 07 veículos foram rebocados para o depósito do DETRAN/PE.
  • 4.774 carros utilizaram o estacionamento legal.
  • 15,7 mil pessoas utilizaram o ônibus do Estacionamento Legal.
  • Troca de 7.556 garrafas de vidro por vasilhames de plástico.

PESQUISA DO TURISTA EM OLINDA

A Secretaria de Turismo de Olinda realizou uma pesquisa com 480 foliões para traçar um perfil do turista que prestigia o Carnaval da cidade. De acordo com os dados, 57,2% é do sexo feminino; 88% são brasileiros e 12% estrangeiros. A faixa etária que predomina é entre 26 a 35 anos. A permanência média na cidade é de 4 a 10 dias e 32,3% ficam na casa de parentes e amigos. 51% possui curso superior e 42,30% tem renda mensal de 3 a 5 salários mínimos. 51,40% consideram a programação do Carnaval de Olinda boa e 42,40% afirmou ser ótima.

Polo Fortim. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

Polo Fortim. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

PATRIMÔNIO

As Secretarias de Patrimônio e Cultura de Olinda, Serviços Públicos e Controle Urbano protegeram os prédios históricos da cidade com tapumes. Já as praças foram protegidas com cercas. Entre os espaços preservados, o Museu de Arte Sacra, o Museu de Arte Contemporânea, o Museu do Mamulengo, a Igreja da Sé, do Bonfim, do Carmo e do Amparo. Durante os quatro dias de Carnaval, nenhum dano foi registrado contra o patrimônio histórico de Olinda.

SERVIÇOS DE SAÚDE

No Carnaval de Olinda de 2015 não foi registrado nenhum óbito. A Secretaria de Saúde do município registrou 3.757 atendimentos nos Serviços de Pronto-Atendimento Adulto e Infantil (SPA) Peixinhos, Policlínica Barros Barreto, Unidade de Pronto Atendimento do Tricentenário, SAMU e UPA-Cidade Tabajara. Foram realizados atendimentos clínicos, suturas, curativos e remoções.

Durante o carnaval foram realizadas 1 362 inspeções da Vigilância Sanitária. A equipe de profissionais também realizou 02 interdições e 1.457 ações educativas, como por exemplo, orientações sobre o armazenamento adequado de alimentos. Nas barreiras sanitárias foram distribuídas 500 unidades de hipoclorito.

Cerca de 450 mil preservativos foram distribuídos durante os quatro dias de folia.

GUARDA MUNICIPAL

Ocorrências registradas pela Guarda Municipal de Olinda no período carnavalesco:

Desordem em espaço público – 162
Apreensão de garrafas de vidro – 315
Apreensão de material perfuro contundente – 53
Assistência a pessoas perdidas:
Idosos – 91
Crianças – 46
Turistas – 12
Atendimento a pessoas vítimas de furto (delegacia pala internet) – 421
Atenção a moradores de rua – 39
Atos libidinosos – 36
Desacato à agente público municipal – 58
Detenção por urinar na rua – 71
Apoio a serviços municipais – 281
A Guarda Municipal de Olinda trabalhou com um efetivo de 240 pessoas e realizou ações de segurança nos focos de folia, entre elas, prevenção de danos ao patrimônio, auxílio ao cidadão, averiguação de denúncias diversas e apoio a ações de secretarias da Prefeitura de Olinda (Controle Urbano, Trânsito, Conselho Tutelar, Limpeza e Manutenção Urbana, Defesa Civil e Vigilância Sanitária).

ACHADOS E PERDIDOS

Até o momento, foram registrados documentos perdidos de 1600 pessoas, tendo sido devolvidos aos donos 126 documentos. Quem perdeu documentos durante a folia, pode consultar o site: carnaval.olinda.pe.gov.br/documentosperdidos. Até o meio-dia desta quarta-feira (18) os documentos estarão disponíveis na Secretaria de Turismo, Desenvolvimento Econômico e Tecnologia, localizada na Avenida Liberdade, 68, Carmo. A partir da quinta-feira (19) eles ficarão na Sede da Guarda Municipal, que fica na Rua Duarte Coelho, 278, Santa Tereza, das 8h às 17h.

A Secretaria de Segurança Urbana através da Guarda Municipal atuou de forma integrada com a Secretaria Estadual de Defesa Social (Polícia Militar – CIATUR, 1º BPMPE – Polícia Civil – Bombeiros).

LIMPEZA URBANA

A Prefeitura de Olinda preparou um esquema especial de limpeza para a folia de Momo. Como nos anos anteriores, a Secretaria de Serviços Públicos realizou serviços de varrição, lavagem, remoção e coleta por todo o Sítio Histórico e Pólos de Animação.

Foram recolhidas aproximadamente 250 toneladas de lixo durante o carnaval e a coleta seletiva recolheu 26 toneladas de material reciclável. Os números referem-se à coleta feita no Sítio Histórico. A secretaria utilizou 400 mil litros de água para a limpeza da cidade.

Em relação ao reforço na iluminação, foram instalados 23 quilômetros de gambiarra, incluindo Sito Histórico e pólos de animação. A Secretaria de Serviços Públicos instalou 78 refletores na cidade.

Um total de 280 cabines sanitárias foram instaladas no Sítio Histórico e 02 cabines para portadores de necessidades especiais. Em média, a ação de serviços públicos envolveu 300 pessoas. Foram trocadas 82 folhas de madeirite nas áreas de proteção do Patrimônio, por conta do vandalismo.

Polo Infantil, na Praça do Carmo, registrou mais de 15 mil foliões mirins. Foto: Jan Ribeiro/Pref.Olinda

Polo Infantil, na Praça do Carmo, registrou mais de 15 mil foliões mirins. Foto: Jan Ribeiro/Pref.Olinda

CONTROLE URBANO

No Carnaval de Olinda 2015, 440 agentes de Controle Urbano trabalharam na organização do comércio informal, possibilitando a liberação das vias para os desfiles das agremiações durante a folia de Momo. Além das ações de acesso e bloqueio, também foi realizada a troca de 7.556 garrafas de vidro por vasilhames de plástico em diversos pontos da cidade, apreendidos material de 35 ambulantes não cadastrados, além da interdição de um estabelecimento comercial.

FISCALIZAÇÃO SOM ELETRÔNICO

As secretarias de Controle Urbano, Assuntos Jurídicos e Guarda Municipal montaram um esquema especial para atender as denúncias da utilização de aparelho sonoro acima do limite permitido pela legislação municipal (5.306/2001). A equipe composta por procuradores, assessores jurídicos, guardas e técnicos com apoio da Polícia Militar, ficaram de plantão na secretaria para atender todas as denúncias durante os quatro dias de folia momesca. Foram registradas 16 denúncias, lavradas 03 multas e 01 som mecânico foi apreendido.

TRÂNSITO E TRANSPORTE

4.774 carros utilizaram o Estacionamento Legal, localizado no Memorial Arcoverde, e 15,7 mil pessoas utilizaram o ônibus que partia do local. Foram registrados 27 acidentes, nenhum com vítima fatal. 80 denúncias por telefone foram feitas, entre elas 55 sobre taxistas recusando passageiros. Foram lavradas 70 multas, em sua maioria por transitar na contramão e 07 veículos foram rebocados para o depósito do DETRAN/PE. A Secretaria de Trânsito e Transporte contou com 95 agentes de trânsito e mais 100 auxiliares nas ruas, orientando motoristas.

A retirada dos bloqueios começou a partir das 9h desta Quarta-Feira de Cinzas, nas avenidas principais da cidade. Até às 14h a Secretaria de Trânsito terá liberado as demais vias.

POLÍTICAS SOCIAIS

A Tenda da Cidadania, uma iniciativa implantada em 2009 pela Prefeitura de Olinda, foi criada para abrigar os filhos dos comerciantes informais que trabalham nos dias de carnaval. Em 2015 o local recebeu 479 crianças durante os quatro dias de folia, que se divertiram com atividades recreativas como oficinas da dança, pintura e desenho. O espaço contou com o suporte de educadores sociais, além de assistente social, psicóloga, oficineiros, recreadores, cuidadores, motoristas, auxiliares. A Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos montou o camarote de acessibilidade na Praça do Carmo, que recebeu 353 pessoas.

%d blogueiros gostam disto: