Notícias

Barros Barreto recebe mutirão de exame de espirometria

Uma demanda reprimida foi atendida na Policlínica

Publicado por: Redação da Secom, em: 23/07/18 às 20:21

Por Natália Chaves

Fotos: Thiago Bunzen/ Prefeitura de Olinda

A Secretaria de Saúde de Olinda, em parceria com a empresa Boehringer Ingelheim, realizou na tarde desta segunda-feira (23.07), na Policlínica Barros Barreto, no Carmo, exames de espirometria. O exame avalia a função respiratória através da medida de quantidade e da velocidade com que o ar entra e sai dos pulmões. Os pacientes que estão participando do mutirão já estavam na fila de espera do Estado para realizar o exame e, agora, junto a Boehringer, essa fila está zerada.

O DPOC é uma doença pulmonar tratável, caracterizada por sintomas respiratórios persistentes, que tem como causas principais o tabagismo, poluição, infecções respiratórias e exposição ocupacional. Dos sintomas mais frequentes estão a tosse persistente, catarro constante, cansaço ou dificuldade para respirar. O diagnóstico se dá através de consultas médicas e exame físico geral e pulmonar especial.

A espirometria é pedida para determinar a causa de problemas respiratórios, diagnosticar algumas doenças pulmonares, de circulação (como hipertensão pulmonar), avaliar a função dos pulmões e verificar a eficácia do tratamento de doenças pulmonares.

A gerente geral da Policlínica Barros Barreto, Camilla Tavares, explicou como vai funcionar os exames de espirometria no município. “Aqui, cada um presente vai realizar o exame e voltar para a pneumologista da policlínica na data marcada. Esperamos trazer este tipo de serviço aos nossos pacientes mensalmente”, pontuou.

O mutirão acontece durante toda semana, até a sexta-feira (27), na Policlínica Barros Barreto.

Fotos: Thiago Bunzen/ Prefeitura de Olinda

Fotos: Thiago Bunzen/ Prefeitura de Olinda

Fotos: Thiago Bunzen/ Prefeitura de Olinda

%d blogueiros gostam disto: