Notícias

Biblioteca Pública Municipal lança o programa “Ler Olinda”

O evento será nesta sexta-feira (11/09), às 10h, com malabares, contação de histórias, jogral poético e outras atrações

Publicado por: Secom, em: 10/09/09 às 11:21
Biblioteca Pública de Olinda

Biblioteca Pública de Olinda - Foto: Passarinho/Pref.Olinda

O dia 11 de setembro será de alegria e atividades culturais na Biblioteca Pública de Olinda. Trata-se do lançamento do projeto “Ler Olinda”, um programa de incentivo à leitura que proporciona aos cidadãos olindenses conhecer melhor a história da sua cidade, através do acesso a obras de autores que abordam a cultura local. O evento está marcado para às 10h.

No lançamento, o público será recepcionado por um animado grupo de circo que fará performances com malabares. Os presentes ainda contarão com diversas atividades como contação de histórias, jogral poético com apresentação de textos sobre Olinda e um momento musical, com a utilização de flauta e violão, entoado por crianças usuárias do espaço.

“A biblioteca possui esse rico acervo que conta a história da cidade. A partir de agora, vamos estimular a leitura dessas obras”, conta Raimundo Viana, coordenador da Biblioteca Pública de Olinda. Ainda segundo o coordenador, os autores olindenses e livros que contam sobre a cidade terão local especial. No dia-a-dia, as atividades da biblioteca acontecem diariamente (de segunda a sexta), nos turnos da manhã e tarde.

Durante as atividades de amanhã (11/09) acontecerá ainda uma demonstração do Programa Inclusão Digital, uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia com o apoio da Prefeitura de Olinda, que visa trazer mais informação e tecnologia ao público que freqüenta a biblioteca. O espaço disponibilizará aos usuários dez computadores conectados à Internet, diariamente, no período das 8h às 19h.

Outra novidade durante o evento será o lançamento do projeto Horta-Escola, em parceria com o Governo do Estado. A iniciativa consiste na produção de uma horta no quintal da biblioteca. Cerca de 30 jovens do Centro da Juventude, localizado no bairro de Aguazinha, estarão envolvidos na atividade. Engenheiros agrônomos e profissionais ligados à botânica farão o acompanhamento do trabalho.

%d blogueiros gostam disto: