Notícias

Cabeleireiros do Navalhas do Bem atendem pessoas em situação de vulnerabilidade

Trabalho beneficiou usuários de casa de acolhimento em Olinda

Publicado por: Redação da Secom, em: 11/07/19 às 12:43

Fotos: Alice Mafra/divulgação PMO

Uma parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos de Olinda com os voluntários do projeto Navalhas do Bem promoveu uma ação em prol da autoestima de pessoas em situação de vulnerabilidade. A ação foi realizada na manhã desta quinta-feira (11) na República de Adultos, em Jardim Atlântico. Os onze homens acolhidos na instituição tiveram os cabelos cortados e as barbas aparadas por cabeleireiros recém-formados.

Um dos acolhidos, que não terá a identidade divulgada e está na República há três meses, celebrou a ação de corte de cabelo. “Gostei muito. Eu estava até cabeludo. Agora estou mais bonito”, brincou ele que tem 49 anos. Ele ainda contou que sem esse tipo de ação gratuita precisa gastar o pouco dinheiro que recebe do Bolsa Família para pagar por um corte fora da instituição de acolhimento.

A ideia de promover a atividade no local partiu da Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos que acredita no potencial de ações de promoção de higiene e autoestima. Hoje a República de Adultos ligada à gestão municipal conta com 11 homens, cinco mulheres e uma criança. No local os acolhidos recebem abrigo, alimentação, orientações médicas e jurídicas.

Criado há três meses, o grupo Navalhas do Bem é fruto de uma ação voluntária realizada por sete recém-formados em cursos de cabeleireiros e que buscam atuar em ações de promoção de cidadania. “É a nossa forma de ajudar essas pessoas. O que posso oferecer é o que sei fazer, meu ofício, sem preconceitos, sem distinção”, contou Marília Silva, uma das voluntárias.

%d blogueiros gostam disto: