Notícias

Caixa Econômica repassa R$ 170 milhões do PAC 2 para Olinda

Com os investimentos, serão realizadas obras de saneamento, pavimentação, contenção de encostas e a edificação de mais de 1.200 moradias

Publicado por: Secom, em: 08/12/11 às 17:13
PAC 2. Arte: Anizio Silva sobre foto de Otávio de Souza/Pref.Olinda

Arte: Anizio Silva sobre foto de Otávio de Souza/Pref.Olinda

O prefeito Renildo Calheiros e representantes da Caixa Econômica Federal assinam, na manhã desta sexta-feira (09), contratos para a liberação de recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) em Olinda. Os investimentos, que superam os R$ 170 milhões, serão destinados a obras de saneamento, drenagem, pavimentação, contenção de encostas e construção de moradias. Os bairros que receberão estes benefícios são Jardim Brasil, Sapucaia e Aguazinha.

Com projetos de urbanização já elaborados para diversos bairros da cidade, a Prefeitura de Olinda mais uma vez consegue sair na frente ao captar recursos do Governo Federal. Desta vez, os investimentos são do Plano de Aceleração do Crescimento 2, oriundos do Orçamento Geral da União.

O superintendente regional da Caixa Econômica em Recife, Paulo Nery, vem ao município oficializar o repasse dos recursos com a assinatura de cinco contratos que, juntos, totalizam R$ 170.617.411,64. O bairro que detém a maior parcela destes investimentos é Jardim Brasil com R$ 76.620.000,00. Esse dinheiro será aplicado na construção de um sistema de saneamento integrado (drenagem e esgoto), pavimentação e 630 unidades habitacionais.

Outros R$ 70.933.124,01 estão destinados aos bairros de Sapucaia e Aguazinha que serão urbanizados com a implantação, expansão e melhoria das redes de água e esgoto, pavimentação e drenagem de vias, equipamentos de lazer e recreação, bem como a revitalização do Canal Lava Tripa e a edificação de mais 540 moradias.

Serão realizadas ainda 10 obras de contenção de encostas, proteção superficial e urbanização de áreas nos morros do Alto da Bondade, Águas Compridas e Cidade Tabajara, além da construção de 36 moradias para as famílias que serão relocadas. Bem como a reabilitação de encostas do Sítio Histórico (Amparo, Alto da Sé e São Bento).

Parte destes recursos, quase R$ 4 milhões, está destinada a elaboração de novos projetos de urbanização integrada e contenção de encostas. Para urbanização, os bairros atendidos serão Águas Compridas, Alto da Conquista, Alto da Bondade e Alto do Sol Nascente. Os projetos para contenção de encostas acontecerão em Águas Compridas, Alto da Mina, Alto do Monte, Ouro Preto, Tabajara, Caixa d’Água, Passarinho, Alto da Bondade, Sapucaia de Dentro e Alto da Conquista. O objetivo é encontrar soluções com apoio da opinião popular.

A assinatura dos contratos entre a Prefeitura de Olinda e a Caixa Econômica Federal acontece nesta sexta-feira (09), às 11h, no Palácio dos Governadores – sede do Governo Municipal, que fica na Rua de São Bento, nº 123.

%d blogueiros gostam disto: