Notícias

Câmeras de vigilância irão monitorar pontos críticos de lixo em Olinda

Seis bairros receberão os equipamentos como forma de coibir o descarte irregular de resíduos sólidos. Aqueles que forem pegos praticando o ato podem ser autuados e receber multa

Publicado por: Secom, em: 04/02/15 às 10:34

Câmeras de vigilância irão monitorar pontos críticos de lixoO prefeito Renildo Calheiros assina, nesta quinta-feira (05), a ordem de serviço para a instalação de 23 câmeras de vigilância que irão ajudar no monitoramento dos pontos críticos de lixo em Olinda. A medida faz parte das ações de fiscalização da Lei de Descarte de Resíduos Sólidos do município e a expectativa é de dobrar o número de equipamentos até o fim de 2016, ampliando a área de cobertura da iniciativa e mantendo a cidade cada vez mais limpa.

A partir de uma sala de monitoramento que será montada na Secretaria de Serviços Públicos, oito profissionais irão se revezar, diariamente, no acompanhamento das áreas onde as câmeras serão instaladas. Caso alguma irregularidade relacionada ao descarte de resíduos sólidos seja identificada, uma equipe da Secretaria será enviada ao local para efetuar o flagrante e aplicar as punições previstas na Lei.

“Nossa equipe estará atuando com motocicletas para agir com mais rapidez e poder dar o flagrante, punindo as pessoas que têm o costume de jogar lixo em locais inadequados como calçadas e vias públicas”, afirma o secretário de Serviços Públicos, Manoel Sátiro. De acordo com ele, nesta primeira fase do projeto, seis bairros receberão as câmeras: Ouro Preto, Bultrins, Bairro Novo, Santa Tereza, Peixinhos e Varadouro.

“Alguns receberão um número maior de câmeras porque são áreas em que nós promovemos a limpeza e a retirada dos entulhos que criam pontos críticos de lixo, mas, mesmo assim, algumas pessoas voltam a depositar resíduos sólidos nestes locais. Então, temos de ser mais incisivos para coibir esta prática”, argumenta.

A empresa que fará a instalação das câmeras e da sala de monitoramento já foi escolhida por meio de licitação. Todo o projeto está orçado em R$ 800 mil e será pago com recursos da própria Prefeitura. Cada câmera consegue capturar imagens num raio de até 1.000 metros. O trabalho de abordagem e autuação em flagrante será feito em parceria com a Guarda Municipal de Olinda.

A assinatura da ordem de serviço para a instalação das câmeras acontece nesta quinta-feira (05), às 11h, no Palácio dos Governadores – sede da Prefeitura de Olinda.

%d blogueiros gostam disto: