Notícias

Centro de Reabilitação de Olinda acompanha pacientes através de teleatendimento

Medida segue as recomendações dos órgãos reguladores e busca evitar a contaminação de pessoas no grupo de risco

Publicado por: Marcilio Albuquerque, em: 25/05/20 às 15:09

Por Pedro Morais

Neste período de isolamento social, em virtude da pandemia da Covid-19, o Centro de Reabilitação de Olinda (CRO), ocalizado no Bairro Novo, segue em regime especial para manter a devida assistência à população. A unidade, como outros serviços da Rede Municipal de Saúde, incorporou a modalidade de teleatendimento, que utiliza ferramentas como ligações telefônicas, mensagens de texto, áudio e vídeos, para acompanhar de perto o tratamento dos pacientes.

A medida, que segue as recomendações dos órgãos responsáveis, busca evitar a contaminação de pessoas no grupo de risco, assim como dos profissionais de saúde. O enfoque está em não interromper o tratamento ofertado. Entre o grupo acompanhado estão idosos, pessoas com deficiências, cadeirantes, portadores de sequelas osteomusculares, patologias crônicas e crianças com necessidades especiais.

”Muitos deles não possuem autonomia devido limitações físicas, intelectuais, visuais ou múltiplas e precisam de um cuidador, um responsável para instruir quanto a estes cuidados neste período difícil”, explica a fisioterapeuta Viviane Duarte. Segundo ela, o atendimento visa promover orientações específicas em relação ao tratamento, continuidade, higiene, cuidados gerais a cerca de saúde e autocuidados.

Este monitoramento dos pacientes, por meio do teleatendimento, também busca identificar sintomas da Covid-19. Caso seja detectado, a equipe busca orientar quanto o que fazer e para onde ir, obtendo o devido cuidado médico na Rede Municipal de Olinda.

Ainda de acordo com a gerente do CRO, Neide Bione, foram criados grupos, com o auxílio dos smartphones, para disponibilizar o contato entre o profissional e o paciente, possibilitando a interação durante a consulta. “Conseguimos comprovar a possibilidade de um atendimento de qualidade e atendendo as necessidades específicas, mesmo no ambiente domiciliar e de distanciamento social”, afirmou.

Vale salientar que este canal de consulta está sendo utilizado para pacientes que já eram atendidos e avaliados, presencialmente, pelos profissionais no Centro. Entre as patologias estão sequelas de AVC, parkinson, pós- cirúrgicos, amputações, paralisias faciais, paralisia cerebral, microcefalia, entre outros.

Para ser atendido no CRO pelo teleatendimento, o novo usuário precisa entrar em contato pelo telefone (81) 3431.6785 e ter em mãos um encaminhamento médico com diagnóstico. É feita então o agendamento para avaliação com um dos 12 profissionais de reabilitação.

Serviço:
Centro de Reabilitação de Olinda (CRO)
Endereço: Rua professor José Cândido Pessoa, 1216, Bairro Novo

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: