Notícias

“Cidade Limpa” orienta para descarte de resíduos sólidos em Olinda

Ações educativas acontecem nas escolas, estabelecimentos comerciais, orla e bairros. Enquanto isso, um projeto de lei que visa punir quem suja a cidade está sendo formulado

Publicado por: adminolinda, em: 14/05/13 às 19:19

Cidade LimpaA Prefeitura de Olinda lança, a partir das 9h, desta quinta-feira (16), a operação “Cidade Limpa – sem entulhos”. A ação visa erradicar pontos críticos de resíduos sólidos no município através da educação ambiental e o fortalecimento da coleta de lixo. Toda a iniciativa culmina com a criação de um projeto de lei que será enviado à Câmara de Vereadores e prevê a aplicação de multa para quem for pego sujando as ruas da cidade.

Restos de poda de árvore, entulho proveniente de reforma, sofás velhos e qualquer tipo de resíduo sólido de grande porte deve ser descartado de forma adequada e em local apropriado. É o que estimula a operação “Cidade Limpa – sem entulhos”, uma parceria entre as secretarias de Serviços Públicos, Obras e Meio Ambiente de Olinda.

A operação tem início nesta quinta-feira com ações educativas nas escolas, estabelecimentos comerciais, na orla da cidade e nos bairros. Já foram confeccionados cartazes, faixas e panfletos que serão distribuídos nos mais diversos lugares com o objetivo de informar a população a melhor maneira de descartar seus resíduos sólidos.

“Temos enfrentado um problema muito sério quanto ao destino que os moradores dão ao lixo sólido. Sempre encontramos estes resíduos em esquinas, terrenos baldios e nos canais. O que cria pontos críticos de lixo. Nós passamos frequentemente por estes pontos, realizamos a limpeza, mas, pouco tempo depois, a população suja tudo novamente”, argumenta o secretário de Serviços Públicos, Manoel Sátiro.

Ele informa que o descarte do resíduo sólido é de responsabilidade de quem o gerou. Ou seja, se um morador faz a reforma de sua casa é de obrigação dele contratar uma empresa ou papa metralha para dar o destino correto aos restos da obra. Nas situações em que o popular não tem condições de adquirir o serviço, a Prefeitura dá uma ajuda.

“Nós pedimos apenas que o morador acondicione estes resíduos em sacolas ou caixas menores, de até 100 litros, e os deixe em frente à sua casa para que o caminhão de coleta possa apanhá-lo. Só não queremos que este lixo seja jogado em galerias e canais, por exemplo, pois isso causa o entupimento das redes coletoras”, afirma o secretário.

Para reforçar a operação “Cidade Limpa – sem entulhos”, a Prefeitura de Olinda já iniciou a licitação para a compra de 300 lixeiras que estarão fixadas em pontos estratégico da cidade. Além disso, contentores de metal também estarão espalhados na cidade para que o morador possa descartar em locais adequados o seu resíduo sólido.

Projeto de lei – O poder público está promovendo uma atualização da legislação vigente, tornando mais rigorosa as punições para quem descarta o lixo na rua de forma irregular. Neste primeiro momento, a operação tem um caráter educativo. Após a atualização da Lei, serão aplicadas multas. O texto está sendo finalizado e deve passar pela aprovação na Câmara de Vereadores.

Para fazer denúncias e indicar pontos críticos de resíduos sólidos, basta ligar para o telefone 3429.0866 ou mandar um e-mail para olindacidadelimpa@gmail.com. O lançamento da operação “Cidade Limpa – sem entulhos” acontece nesta quinta-feira (16), a partir das 9h, no Clube Atlântico de Olinda – bairro do Carmo.

%d blogueiros gostam disto: