Notícias

Conferência discute promoção da igualdade racial e enfrentamento ao racismo em Olinda

O evento ocorrido nos últimos dias 02 e 03 de agosto teve saldo positivo, segundo representantes do governo municipal e da sociedade civil

Publicado por: adminolinda, em: 05/08/13 às 16:38
A Conferência ocorreu no auditório da Faculdade AESO Barros Melo. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

A Conferência ocorreu no auditório da Faculdade AESO Barros Melo. Foto: Luiz Fabiano/Pref.Olinda

Nos últimos dias 02 e 03 de agosto aconteceu na Faculdade AESO Barros Melo, em Jardim Brasil, a III Conferência de Promoção da Igualdade Étnicorracial de Olinda, com o tema “Democracia e desenvolvimento sem racismo: por uma Olinda e um Pernambuco afirmativo“.

No evento, ocorreram: palestras; grupos de debates; apresentação de propostas no plenário; votação das propostas; eleição dos delegados para a conferência regional; e a eleição da Comissão Organizadora da Eleição do Conselho de Promoção da Igualdade Racial, além de apresentações culturais.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Social, Cidadania e Direitos Humanos de Olinda, Humberto de Jesus, o evento foi muito importante. “A Conferência é um espaço importante para discutirmos a cidade, sob as óticas de todos os segmentos, de todas as etnias, de todos os valores e de todas as culturas. E o que temos construído é exatamente isso, uma Olinda de todas as cores, com oportunidade para todos”, informou.

Para Valdinete Queiroz, ‘ekedy’ (mãe) do terreiro de matriz africana da Casa de Pai Clayton de Oxum, o evento é importante justamente por consolidar os direitos que já viam sendo conquistados, em prol dos membros dessas religiões. “Ações como essa, têm trazido muitas coisas boas para a gente. Antigamente a gente não via nada disso, como o direito de sair na rua, com as vestimentas da religião. Antigamente era proibido, tínhamos que nos esconder da polícia. A justiça negava o direito de exercermos a nossa religião. Para mim isso aqui está sendo uma vitória. É o município de Olinda que está proporcionando tudo isso a gente”, disse.

Já para o membro do Movimento Negro Unificado (MNU), Jorge Andrade, trata-se da conferência onde mais houve avanços nas questões propostas. “É onde temos mais avançado, no compromisso do Governo Municipal e do prefeito Renildo Calheiros, em consolidar o Conselho de Promoção da Igualdade Racial. É importante citar a discussão sobre a alocação dos recursos do Plano Plurianual (PPA), e da Lei Orçamentária Anual (LOA), e onde foi focado em como alocar recursos para a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), visando a consolidação das políticas sociais. Porque com dinheiro é que se fazem as políticas sociais. O evento foi feito de uma forma transparente. Existiu uma comissão, que trabalhou muito. Essa comissão foi composta pelo governo e pela sociedade civil, para implementar essa conferência, e estamos mostrando o resultado. Esse é o sucesso da conferência: a parceria entre a sociedade civil e o governo”, lembrou.

%d blogueiros gostam disto: