Notícias

Controle da Tuberculose é foco de oficina em Olinda

Sociedade civil e profissionais de Saúde participam do evento que visa prevenir e detectar precocemente os casos da doença

Publicado por: adminolinda, em: 11/05/10 às 12:02
Tuberculose. Arte: Anizio Silva

Arte: Anizio Silva

Sabendo da necessidade de promover discussões de avaliação e construção de estratégias para que profissionais reflitam e avaliem suas práticas na política de controle da Tuberculose, a Secretaria de Saúde de Olinda, através da Coordenação de Endemias irá realizar nesta terça (11) e quarta-feira (12), das 9h às 17h, no Auditório da Policlínica Barros Barreto, a oficina com o tema “Mudanças de Atitudes e Práticas do profissional na prevenção e controle da tuberculose – BCC”.

Participam do evento agentes comunitários de saúde, auxiliares de enfermagem, líderes comunitários, representantes do Conselho de Saúde, auxiliares administrativos das Unidades de Saúde da Família (USF´s) e a sociedade civil. Com essa integração a Prefeitura de Olinda pretende obter uma maior contribuição para avanços da reflexão teórica, como para a eleição de uma prática do processo de trabalho que tem como objetivo a humanização das relações entre profissionais e usuários, melhor acesso, definição de cobertura e metas de controle de agravos à saúde.

Na ocasião serão realizadas palestras que mostrarão a situação da Tuberculose, as dinâmicas para mudanças de atitudes na abordagem do paciente e os tipos de tratamento, acompanhamento, medicação supervisionada e cura. Além disso, serão divididos grupos para realização de dinâmicas que ao final resultará em sugestões para melhoria ao serviço de atendimento aos pacientes diagnosticados com a doença.

TUBERCULOSE

A Tuberculose ainda hoje persiste como um problema de saúde pública relevante, ainda que, há muitos anos, conte com um eficaz tratamento a base de medicamentos. Em Pernambuco, a cidade de Olinda é considerada prioritária para o desenvolvimento de ações destinadas a fortalecer o Programa de Controle da Tuberculose.

A busca de sintomáticos respiratórios (BSR) é uma das prioridades do Programa no município. Espera-se que esta atividade esteja inserida no cotidiano de trabalho dos agentes comunitários de saúde, visando à detecção precoce de casos e prevenção da doença.

%d blogueiros gostam disto: