Notícias

Cultura afro-brasileira comanda quarta de cinzas em Xambá

Moradores e apreciadores do afoxé se reuniram no polo Afro Xambá, em Peixinhos

Publicado por: pedropaulo, em: 14/02/18 às 20:59

Por Natália Chaves

Fotos: Sandro Barros/ Prefeitura de Olinda

O Polo Afro Xambá do Carnaval de Olinda de 2018 reuniu nomes da cultura afro do Estado e da cidade nesta quarta-feira de cinzas (14.02), atraindo moradores e admiradores do afoxé. Desde que o Polo Xambá foi criado, a comunidade costuma homenagear representantes dos terreiros do bairro. Desta vez, Mãe  Lourdes de Xambá foi a escolhida para receber os méritos neste Carnaval.

O grupo Afoxé Yle Xambá, fundado em 2004 e que se apresentou em todos os dias oficiais da folia, comandou a festa às 15h, levando os moradores e  público presentes a dançar o ritmo bem visto por eles. A Ialorixá Giselda e o Babalorixá Maurício, responsáveis pelo Afoxé Yle Xambá, pontuaram que o ritmo vem sendo muito bem aceito ao longo dos anos. “Nosso som representa valorização da cultura afro-brasileira e vem conquistando mais adeptos. Atraímos uma população que respeita a cultura e deixamos de lado o preconceito religioso”, destacou Giselda. Maurício contou sobre o apoio de pessoas de outras religiões ao afoxé. “Evangélicas, católicas e de demais religiões estão abrindo os braços para o nosso som, seguem nos respeitando e gostam do que fazemos. Isso é gratificante”, disse.

Quem prestigiou o evento foi o porteiro Marcelo Alves. Ele sempre marca presença no polo de Peixinhos e gostou do que viu. “A maioria aqui presente é morador, mas também recebemos muitos turistas e curiosos que acabam apreciando o afoxé”, pontuou.

No Polo Afro Xambá ainda se apresentaram o Maracatu Nação Cambinda Estrela, Grupo de Coco Raízes, Galo Preto, Grupo Bongar e Karyna Spinelli.

Este slideshow necessita de JavaScript.

%d blogueiros gostam disto: