Notícias

Dengue é tema de debate na Câmara Municipal de Olinda

Em audiência pública em Olinda Integrantes do Comitê de Saúde debateram sobre a dengue

Publicado por: adminolinda, em: 30/05/11 às 12:59
Câmara Municipal de Olinda debate os cuidados para combater à dengue - Foto: Secretaria de Saúde de Olinda

Câmara Municipal de Olinda debate os cuidados para combater à dengue - Foto: Secretaria de Saúde de Olinda

Durante Audiência Pública realizada na última quarta-feira (25) pela manhã, integrantes do Comitê da Dengue de Olinda debateram o controle da dengue no município. Estiveram presentes na sessão, o Vereador Nino Lins, a Secretária de Saúde de Olinda, Drª Tereza Miranda, a coordenadora do Programa de Controle da Dengue, Geane Oliveira e integrantes do Comitê da Dengue de Olinda.

A dengue é hoje, uma das doenças mais freqüentes em todo Brasil, atinge a população nos estados, classes sociais, portanto, os cuidados para o combate à dengue precisam ser constantes. Na sessão, os integrantes do comitê da dengue destacaram que existem quatro tipos de dengue, a D1, D2, D3 e a D4. As pessoas podem adquirir a doença no máximo quatro vezes, uma de cada tipo.

Em Olinda foi registrado os três primeiros tipos, em Pernambuco apenas os municípios de Serra Talhada e Serrita constataram casos da dengue D4. “Os ovos do mosquito da dengue resistem à ambiente seco por até 450 dias e são embrionados em locais úmidos em contato com a água. Isso faz com que o seu controle seja bastante difícil” destacou a coordenadora do Programa de Controle a Dengue, Geane Oliveira.

Para a Secretária de Saúde Tereza Miranda o assunto relacionado à dengue não tem limite. “Não é uma doença de saúde e sim de um povo. A dengue ultrapassa todas as fronteiras, atravessa municípios e cada um é responsável pela saúde, no seu bairro, no cuidado com o lixo, com a água empossada, na tampa do refrigerante que acumula água. O principal criadouro está dentro das casas, nos domicílios abandonados. É preciso tratar dos locais com os mosquitos da dengue, mas sem expor a família”, afirmou.

%d blogueiros gostam disto: